Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Seleção de basquete aposta em 'grande jogo' com EUA

Neste sábado, a seleção comandada por Rubén Magnano entra em quadra para um amistoso preparatório para o Mundial da Espanha

Estadão Conteúdo

15 de agosto de 2014 | 17h25

A seleção brasileira masculina de basquete faz neste sábado um importante teste na preparação para o Mundial da Espanha, que começa no dia 30 de agosto. Em Chicago, disputa amistoso contra a poderosa equipe dos Estados Unidos. E os jogadores do Brasil apostam num "grande jogo", encarando os norte-americanos de igual para igual.

"Nosso foco é a Copa do Mundo. É lógico que queremos realizar um bom jogo contra os americanos e realmente testar nossa preparação até agora. Estou confiante que podemos realizar um grande jogo", disse o ala/armador Leandrinho, um dos brasileiros que melhor conhece a seleção dos Estados Unidos, por jogar há anos na NBA.

"A equipe dos Estados Unidos é muito forte. Acredito que podemos enfrentá-los em igualdades de condições e tentar uma vitória, que seria muito bom para chegar com moral na Copa do Mundo", afirmou o ala/pivô Anderson Varejão, outro da seleção brasileira que atua na NBA, assim como os pivôs Nenê e Tiago Splitter.

Segundo o técnico Rubén Magnano, é importante ressaltar que o Brasil enfrentará os Estados Unidos pensando na disputa do Mundial. "Temos que entender que é um jogo a mais de preparação e um desafio muito interessante. A nossa expectativa é muito boa para realizarmos um bom jogo", avisou o argentino que comanda a seleção.

Depois de encarar os Estados Unidos, em duelo marcado para começar às 22 horas (horário de Brasília), o Brasil embarca para a Eslovênia, onde disputará um torneio amistoso. E ainda haverá mais uma partida de preparação contra o México, no dia 24 de agosto, já na Espanha, antes da estreia no Mundial diante da França.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.