Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Seleção de basquete dos EUA cancela viagem a Senegal por Ebola

Equipe, que enfrenta o Brasil neste sábado, faria uma excursão no país africano antes de desembarcar na Espanha para o Mundial

Estadão Conteúdo

16 de agosto de 2014 | 10h25

A seleção masculina de basquete dos Estados Unidos cancelou uma viagem a Senegal devido ao surto de Ebola na África Ocidental. Os norte-americanos, em preparação para o Mundial, iriam viajar ao continente africano para realizarem uma clínica de basquete no dia 27 de agosto, com a seleção de Senegal. A programação também previa que os jogadores iriam visitar a Ilha de Gorée.

O diretor da Federação Americana de Basquetebol, Jerry Colangelo, disse que não tinha escolha a não ser cancelar a viagem devido ao risco associado com a proximidade do Senegal com os países afetados pelo surto do vírus.

"Nos sentimos mal por isso, desapontados, porque acho que todos do grupo, os jogadores, treinadores, pensavam que seria uma grande experiência do começo ao fim", disse Colangelo.

Mais de 1.000 pessoas morreram pelo surto de Ebola que afeta Guiné, Libéria, Serra Leoa e Nigéria. "Quando decretam uma emergência pública, nós não temos outra alternativa que não ir, apesar de nos decepcionar", afirmou o dirigente.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteEstados UnidosSenegalEbola

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.