Seleção de basquete inicia preparação

A seleção masculina de basquete inicia nesta segunda-feira preparação para temporada importante, com a "missão quase impossível" de conquistar uma das três vagas em disputa para os Jogos de Atenas. O técnico Lula optou por campanha diferente. Antes dos treinos, os 29 jogadores convocados começam a ser testados. Serão submetidos a testes físicos e também passarão a ser alvo de estatística especial, que vai mapear a atuação de cada um em seus clubes Campeonato Nacional.Na segunda e terça, os atletas farão exames e testes físicos, na Escola de Educação Física da Universidade de São Paulo e no Centro de Medicina da Atividade Física, com exceção de Maybyner Nenê Hilário, que está na NBA, e de Marcelinho, Guilherme, Anderson Varejão e Tiago Spliter, que atuam na Europa. "Os treinos só começam em junho, mas fizemos essa convocação antecipada para termos tempo de corrigir problemas físicos, se forem detectados", acentuou Lula. "Tem também tem o lado emocional, pois o atleta passa a pensar na seleção."Na seleção feminina, o problema mais urgente refere-se ao "repatriamento" das oito jogadoras que atuam na Europa e que devem seguir para a temporada da liga norte-americana, a WNBA, que terá datas coincidentes com a campanha da seleção. O presidente da Confederação Brasileira de Basquete, Gerasime Grego Bozikis, disse que vai telefonar para as jogadoras com proposta para suavizar prejuízos financeiros que terão, optando pela seleção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.