Gaspar Nobrega/Divulgação
Gaspar Nobrega/Divulgação

Seleção de basquete se reúne nesta quinta-feira em SP

Dos convocados por Ruben Magnano três já pediram dispensa: Nenê, Anderson Varejão e Tiago Splitter

AE, Agência Estado

17 de julho de 2013 | 17h30

SÃO PAULO - A seleção brasileira masculina de basquete se apresenta nesta quinta-feira, em São Paulo, para começar a preparação para a disputa da Copa América, competição que acontece de 30 de agosto a 11 de setembro, em Caracas (Venezuela), e dá quatro vagas no Mundial de 2014 na Espanha. Dos convocados inicialmente pelo técnico Ruben Magnano, três já pediram dispensa: Nenê, Anderson Varejão e Tiago Splitter, todos com problemas físicos. Assim, são esperados 17 jogadores, sendo que o ala/armador Leandrinho se recupera de cirurgia e também deve ficar de fora.

Inicialmente, os jogadores irão passar por uma bateria de exames médicos e físicos. "Com as avaliações, poderemos conhecer o real estágio em que os atletas se encontram para que nesse curto espaço de treinamento possamos direcioná-los da melhor maneira possível, respeitando suas individualidades", explicou o preparador físico da seleção, Diego Jeleilate. "A Copa América marca o início de um ciclo olímpico e servirá de parâmetro até a Olimpíada de 2016. Por isso, com o auxílio do COB, estamos usando ferramentas de última geração no controle e monitoramento dos atletas."

"Mais uma vez, estou extremamente motivado para representar a seleção brasileira numa competição forte, tradicional e muito importante. Vamos com tudo para conquistar a vaga no Mundial, já que temos um bom tempo para trabalhar e contamos com um grupo de jogadores qualificados, mesmo sabendo que a competição será difícil e equilibrada", afirmou o ala/pivô Guilherme Giovannoni, que, aos 33 anos, é um dos mais experientes do grupo. "Creio que posso ajudar os atletas mais novos, passando um pouco da minha experiência e transmitindo tranquilidade, através do diálogo e troca de informações."

Antes da Copa América, o Brasil irá disputar três competições de preparação - são duas edições do Torneio Super 4, na Argentina e em Anápolis/GO, e a Copa Tuto Marchand, em Porto Rico -, além de amistosos com Uruguai e México no interior de São Paulo. Assim, Magnano terá bastante tempo para definir os 12 jogadores que defenderão a seleção na Venezuela.

O grupo de convocados é formado por Marcelinho Huertas (armador), Larry Taylor (armador), Raulzinho (armador), Rafael Luz (armador), Scott Machado (armador), Leandrinho (ala/armador), Vitor Benite (ala/armador), Marquinhos (ala) Alex (ala), Arthur (ala), Guilherme Giovannoni (ala/pivô), Augusto Lima (ala/pivô), Rafael "Mineiro" (ala/pivô), Vitor Faverani (ala/pivô), Caio Torres (pivô), Lucas Bebê (pivô) e Rafael Hettsheimeir (pivô).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.