Jonnie Roriz/Estadão
Jonnie Roriz/Estadão

Seleção de basquete terá Varejão e espera por Huertas em Eliminatórias do Mundial

Primeiros jogos serão contra Chile e Venezuela

Marcio Dolzan, Estadão Conteúdo

07 Novembro 2017 | 12h22

Em sua primeira lista oficial, o novo técnico da seleção brasileira masculina de basquete, o croata Aleksandar Petrovic, optou "pelo momento do atleta" e com o que tinha à disposição - sem jogadores da NBA. Nesta terça-feira, ele anunciou 14 convocados para os dois primeiros jogos das Eliminatórias para o Mundial da China de 2019, contra Chile e Venezuela. Sem clube, Anderson Varejão foi chamado, enquanto que Marcelinho Huertas, outro da lista, não sabe se poderá se apresentar.

'Chego preparado', diz croata Petrovic ao assumir seleção de basquete

+ Especial sobre a conquista do Pan de 1987, em Indianápolis

Huertas defende o Baskonia, da Espanha, clube que disputa a Euroliga. Nas palavras do próprio Petrovic, "há uma guerra" entre os clubes europeus para não liberarem seus jogadores para a seleção. Por precaução, a comissão técnica optou por chamar o atleta e, caso ele não possa se apresentar, o Brasil vai para os dois duelos com 13 jogadores.

No fim de outubro, o treinador havia anunciado uma lista com 24 nomes. Jogadores que atuam na NBA não foram liberados, mas certamente serão chamados ao longo das Eliminatórias. "Na terceira ou quarta janela deveremos ter todos os jogadores, incluindo os que atuam na NBA e Euroliga", afirmou Aleksandar Petrovic, que anunciou os 14 jogadores sem precisar ler qualquer lista.

O treinador assegurou que Anderson Varejão estará em grande forma para as partidas diante do Chile, dia 24, e Venezuela, três dias depois. "Nos últimos 45 dias ele vem treinando forte. Ele quer muito jogar, e preciso de jogadores assim, que lutem e que queiram mostrar que estão bem", declarou o técnico.

Petrovic explicou que elaborou a lista baseado no momento que passa cada jogador, em função do pouco espaço para treinamento. A seleção vai se apresentar diretamente no aeroporto de Guarulhos no dia 19. "Temos muito pouco tempo para treinar. Serão apenas cinco treinos completos", comentou Petrovic. "Vou colocar os jogadores nas funções que eles se sentem melhor."

Segundo o técnico, os treinos irão enfocar mais na defesa. "O ataque não me preocupa", declarou. Ele ressaltou que o Brasil vai em busca de duas vitórias. "Seria importante ganhar as duas primeiras partidas, para dar um respiro para a sequência."

Os dois jogos são os primeiros das Eliminatórias para o Mundial da China, que será disputado em 2019. E o técnico já apontou o que espera. "Temos que nos classificar com os menores problemas possíveis."

 

Confira a lista dos convocados da seleção:

Armadores: Yago (Paulistano), Marcelinho Huertas (Baskonia), Fúlvio (Vasco), Ricardo Fischer (Bilbao);

Alas: Vitor Benite (Murcia), Alex (Bauru), Marquinhos (Flamengo), Léo Meindl (Franca), Jhonatan (Paulistano), Lucas Dias (Paulistano);

Pivôs: Rafael Hettsheimer (Bauru), Augusto Lima (Besiktas), Anderson Varejão (sem clube) e Lucas Mariano (Vasco).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.