Seleção feminina de basquete bate Chile no último amistoso antes da Copa América

A seleção brasileira feminina de basquete fechou com mais uma vitória a série de dois amistosos contra o Chile, que serve de preparação para a disputa da Copa América do Canadá, em Edmonton, que vale também como um Pré-Olímpico para os Jogos do Rio, em 2016. Nesta sexta-feira, na Arena Olímpica de São Sebastião do Paraíso (MG), as comandadas do técnico Luiz Augusto Zanon venceram por 97 a 67 (47 a 19 no primeiro tempo).

Estadão Conteúdo

31 de julho de 2015 | 18h37

O grande destaque da equipe, com 31 pontos e nove rebotes, foi a pivô Kelly Santos. Outras que brilharam foram a ala Iziane Marques, de volta à seleção, com 19 pontos e cinco rebotes, e a pivô Gilmara Justino, que fez 18 pontos e obteve quatro recuperações de bola.

"Todo amistoso internacional é muito importante nessa fase de preparação e de pré-competição. A equipe se uniu e se fortaleceu muito nesse período de treinamentos e jogos. Quero pensar agora no principal objetivo, mas a busca desse ou qualquer outro objetivo está sendo buscado dia a dia. A chegada das novas atletas agregou muito ao grupo. Temos treinado com uma nova postura e em busca de melhorar a cada minuto. Nosso principal objetivo é a conquista do título do Torneio Pré-Olímpico das Américas", analisou Kelly Santos.

"O Pan-Americano nos trouxe uma dura realidade com uma equipe jovem (terminou na quarta colocação). Sabíamos que poderíamos ter ido mais longe, mas a dor da derrota nos fortaleceu muito. Temos que lembrar da dor da derrota para dia a dia buscar o combate contra ela. Esse crescimento só vem na busca diária", concluiu a pivô.

O Brasil segue a preparação para a Copa América em São Sebastião do Paraíso até o próximo dia 4, véspera do embarque para o Canadá. Em Edmonton, antes da estreia, as brasileiras farão jogo-treino contra a seleção canadense no dia 7.

Na Copa América, de 9 a 16 de agosto, o Brasil está no Grupo B ao lado da Argentina, Equador, Ilhas Virgens e Venezuela. A estreia será contra as argentinas no dia 9. Na sequência da competição, as brasileiras enfrentam Equador (dia 11), Ilhas Virgens (dia 12) e Venezuela (dia 13). No Grupo A ficaram Canadá, Chile, Cuba, Porto Rico e República Dominicana.

A seleção campeã garante a vaga nos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016. Por causa de uma dívida da Confederação Brasileira de Basketball (CBB) com a Fiba, a vaga automática do Brasil para a Olimpíada ainda não está confirmada. Há duas semanas, em Toronto, os dirigentes das duas entidades se reuniram e um acordo para o pagamento deste débito parece estar perto. Assim, a confirmação da presença da seleção nacional nos Jogos em casa deverá acontecer em breve.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteBrasilamistosoChile

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.