Divulgação
Divulgação

Seleção de basquete encerra treinos em SP e viaja para evento-teste

Meninas vão enfrentar Argentina, terça, e Austrália, quarta, no Rio

Estadão Conteúdo

11 de janeiro de 2016 | 19h57

Chegou ao fim nesta segunda-feira o curto período de treinos da seleção brasileira feminina de basquete antes do event-teste dos Jogos Oímpicos do Rio-2016. A equipe, basicamente o time do Sampaio Corrêa reforçado pelas pivôs Erika e Clarissa, se apresentou na quarta-feira e treinou apenas quatro dias inteiros.

"Tivemos pouco tempo de preparação, mas saio muito contente em ver a boa vontade e determinação de todas essas jogadoras que estão aqui. Elas se encontram em excelente condição técnica, mas avalio também a disposição e a superação delas. Acredito que podemos ir além do que poderíamos esperar com esse grupo", elogiou o técnico Antônio Carlos Barbosa.

Ele assumiu o comando da equipe em substituição a Luiz Zanon, que deixou o cargo por motivos de saúde. Quando chegou, Barbosa pegou a convocação pronta, mas nove das 12 jogadoras chamadas pediram dispensa em meio ao boicote dos clubes da Liga de Basquete Feminino (LFB).

O treinador recorreu ao Sampaio Corrêa, que furou o boicote, assim como a pivô Clarissa, de Americana. Erika rescindiu com seu clube na Turquia, alegando não estar recebendo e, antes de acertar com qualquer time no Brasil, também se apresentou. Outras quatro jogadoras novatas, sendo três de clubes da Série A2 do Paulista, completam o grupo.

Com esse elenco, o Brasil faz amistosos no Rio contra Argentina, na terça, na Urca, e Austrália, na quarta, já na Arena Carioca 1. Na sexta, a equipe estreia no evento-teste contra a Venezuela. Sábado e domingo, reencontra os rivais do início da semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.