Seleção feminina de basquete ganha um novo auxiliar

Demitido pela equipe do Ourinhos na última quarta-feira, o técnico Urubatan Lopes Paccini foi contratado nesta sexta para ser o novo auxiliar da seleção brasileira feminina de basquete. Ele chega para ajudar o trabalho do treinador Ênio Vecchi, que tem pouca experiência no basquete feminino e assumiu o comando da seleção recentemente.

AE, Agência Estado

21 de janeiro de 2011 | 18h04

"Como o Ênio vem do masculino, o Urubatan vai poder ajudá-lo a se adaptar mais rápido, junto com a Janeth (outra auxiliar da seleção). O Urubatan estava atuando na Liga de Basquete Feminino e conhece bem não só as jogadoras, mas como funciona o basquete feminino", afirmou Hortência, diretora da Confederação Brasileira de Basquete (CBB).

"Espero contribuir com a experiência que tenho com equipes femininas. Sempre tive bom relacionamento com as atletas, inclusive com aquelas que já defenderam a seleção brasileira. Sou uma pessoa muito tranquila e paciente. Na parte técnica, sou muito preocupado com a defesa. Acredito que o trabalho defensivo favorece o ataque", avisou Urubatan.

"A vinda do Urubatan para integrar a comissão será muito importante. Além da ética profissional e da capacidade técnica, ele estava atuando no feminino e tem informações sobre as jogadoras. Ele vai estar comigo na convocação e nos treinos diários. Ele vem em boa hora e vai ajudar bastante, assim como os outros integrantes da comissão técnica", disse Ênio Vecchi.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteseleção brasileira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.