Divulgação/CBB
Divulgação/CBB

Seleção feminina de basquete supera a Colômbia em estreia na Copa América

Em primeiro teste após medalha de ouro no Pan, brasileiras tiveram partida acirrada que terminou com o placar de 67 a 61

Redação, Estadão Conteúdo

22 de setembro de 2019 | 22h17

A seleção brasileira feminina de basquete venceu a Colômbia por 67 a 61, na noite deste domingo, na cidade de San Juan, em Porto Rico, em seu jogo de estreia na Copa América. A competição é a primeira realizada pela equipe nacional após a conquista da medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, em agosto.

A partida contra as colombianas foi bastante equilibrada e apenas no último quarto do confronto, no qual fez oito pontos a mais do que as adversárias, o Brasil conseguiu deslanchar para garantir o triunfo por seis de diferença no placar.

A pivô Clarissa dos Santos, com 14 pontos, foi a cestinha brasileira neste duelo válido pela primeira rodada do Grupo B da Copa América, na qual a equipe nacional voltará a jogar nesta segunda-feira, às 21 horas (de Brasília), contra a Argentina, no Coliseu Roberto Clemente, em San Juan.

"Temos que entrar em quadra sabendo que é um novo jogo, firme, concentradas e conscientes, pois vai ser mais uma partida dura ao longo dos quarenta minutos. Temos que jogar sempre unidas, com muito empenho e dedicação", projetou Clarissa, que disse que o nervosismo natural de uma estreia pesou para que as brasileiras tivessem dificuldades para superar a Colômbia neste domingo.

"Este foi um jogo de estreia e estamos cientes das dificuldades que encontraremos neste campeonato, pois cada jogo tem a sua importância. Neste primeiro encontramos algumas dificuldades, que não conseguimos responder de imediato, mas nos mantivemos unidas para poder encontrar a melhor solução e sair com o resultado positivo", analisou a jogadora.

Patty Teixeira e Damiris Dantas, com 12 pontos cada, sendo que a segunda delas chegou a apanhar nove rebotes, foram os outros principais destaques ofensivos na vitória brasileira, enquanto Erika de Souza também teve atuação importante ao contabilizar dois dígitos em dois fundamentos (11 pontos e 10 rebotes).

Neste Grupo B da Copa América, a equipe comandada pelo técnico José Neto terá pela frente, além da Argentina, o Paraguai e os Estados Unidos. Pelo regulamento da competição, na fase inicial as equipes jogam entre si dentro de suas respectivas chaves, em turno único, e as duas mais bem colocadas avançam às semifinais, nas quais os líderes dos grupos encaram os vice-líderes do outro. Os oito primeiros do evento continental garantirão vaga no Pré-Olímpico das Américas, que será em novembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.