Seleção feminina vence fácil em estreia na Copa América

A seleção feminina de basquete não teve problemas nesta quarta-feira para estrear com vitória na Copa América, que é disputada em Cuiabá (MT). Na competição que vale três vagas para o Mundial do ano que vem, na República Checa, o Brasil venceu Porto Rico por 78 a 34 em seu primeiro compromisso pelo Grupo A, que ainda conta com Canadá e República Dominicana.

AE, Agencia Estado

23 de setembro de 2009 | 22h52

Jogando no Ginásio Aecim Tocantins, onde serão realizados todos os jogos da Copa América, o técnico Paulo Bassul iniciou o confronto com o seguinte quinteto: Adrianinha, Helen, Micaela, Mama e Kelly. No entanto, Micaela aguentou apenas três minutos na quadra e teve que sair por causa de um desconforto muscular. Sem a ala, a armadora Adrianinha aproveitou para se destacar.

Explorando a fragilidade do time porto-riquenho, o Brasil abriu vantagem logo no primeiro quarto. A superioridade continuou no segundo período e a seleção já foi para o intervalo vencendo por 43 a 18. Nos últimos dois quartos, as brasileiras diminuíram um pouco ritmo e Bassul aproveitou para usar o banco de reservas, colocando em quadra todas as jogadoras que tinha à disposição.

Com a rotação promovida por Bassul, a pontuação ficou bastante dividida. Mesmo assim, Adrianinha foi a cestinha, com 18 pontos, além de agarrar nove rebotes e distribuir mais cinco assistências. A pivô Alessandra foi bem no garrafão, anotando um double-double (dígitos duplos em dois fundamentos) de dez pontos e o mesmo número de rebotes. Pelo time de Porto Rico, Cynthia Valentin foi a melhor, com 14 pontos.

Ao final do jogo em Cuiabá, a ex-jogadora Hortência recebeu uma homenagem pelo seu aniversário de 50 anos. Agora diretora das seleções femininas da CBB (Confederação Brasileira de Basketball), Hortência recebeu um bolo de presente e teve o parabéns cantado pelo ginásio inteiro, junto com as jogadores e a comissão técnica, que reverenciaram a campeã mundial em 1994 e medalha de prata nos Jogos Olímpicos de 1996.

Graças à vitória sobre Porto Rico, o Brasil divide a liderança do Grupo A com o Canadá, que massacrou a República Dominicana na estreia. Também nesta quarta-feira, as canadenses venceram por 103 a 37. Agora, a seleção brasileira volta à quadra já nesta quinta, às 20h30 (de Brasília), quando encara as dominicanas, em confronto que promete ser o mais fácil desta primeira fase.

Na Copa América, as duas melhores seleções de cada grupo se classificam para as semifinais. Os vencedores então estarão garantidos no Mundial e na decisão da competição realizada em Cuiabá. Na disputa pelo terceiro lugar, será definida a última vaga disponível para o torneio na República Checa. No Grupo B, estão ainda Cuba, Chile, Venezuela e Argentina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.