Weimer Carvalho/EFE
Weimer Carvalho/EFE

Seleção masculina bate Chile e segue 100% em Eliminatórias do Mundial de basquete

Brasil passa por rival sul-americano com vitória por 83 a 58, em Goiânia

Estadão Conteúdo

25 de fevereiro de 2018 | 22h34

Com o apoio de mais de 10 mil pessoas na Goiânia Arena, em Goiânia, a seleção brasileira masculina de basquete venceu mais uma vez e segue com 100% de aproveitamento nas Eliminatórias para o Mundial de 2019, que será na China. Neste domingo, o time comandado pelo invicto técnico croata Aleksandar Petrovic derrotou o Chile por 83 a 58, pela quarta rodada do Grupo B.

+ Liderado por Durant, Warriors atropela o Thunder em casa na NBA

Com oito pontos, o Brasil está na liderança da chave, bem à frente do Chile, que tem uma vitória e três derrotas até aqui (cinco pontos). Os dois próximos jogos, os últimos pela primeira fase das Eliminatórias, serão contra Venezuela, no dia 29 de junho, e Colômbia, no dia 2 de julho. Ambos serão fora de casa.

Assim como na última quinta-feira contra a Colômbia, também em Goiânia, o jogo se manteve equilibrado durante os dois primeiros quartos. Mas desta vez a ótima atuação do ala Vitor Benite, cestinha com 15 pontos, fez a seleção brasileira crescer no segundo tempo e ganhar a partida com tranquilidade.

Lucas Dias e o pivô Rafael Hettesheimer também se destacaram neste domingo. Enquanto o ala/pivô do Paulistano-SP anotou um duplo-duplo de 11 pontos e 10 rebotes, o jogador do Bauru-SP terminou o duelo contra os chilenos com sete pontos e oito rebotes.

Na primeira fase, 16 seleções foram divididas em quatro grupos, se enfrentando em confrontos de ida e volta. Os três primeiros de cada chave avançam para a segunda etapa, em que as 12 equipes classificadas são repartidas em dois grupos. Os três primeiros de ambas as chaves, com adição do melhor quarto colocado, garantem classificação para o Mundial, totalizando sete vagas disponíveis para o continente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.