Site Oficial / CBB
Site Oficial / CBB

Seleção masculina de basquete iniciará ano com jogo em São José dos Pinhais

Brasil enfrentará o Uruguai no local, que tem capacidade para 4 mil torcedores, em 21 de fevereiro

Redação, Estadão Conteúdo

03 de janeiro de 2020 | 17h50

O primeiro compromisso da seleção brasileira masculina de basquete em 2020 será em São José dos Pinhais. Nesta sexta-feira, a Confederação Brasileira Basketball (CBB) anunciou que o Ginásio de Esportes e Lazer Max Rosenmann, com capacidade para 4 mil torcedores, na cidade paranaense, vai ser o palco de duelo contra o Uruguai, agendado para 21 de fevereiro.

O confronto será válido pelas Eliminatórias para a Copa América de 2021. O Brasil está no Grupo B e vai visitar os uruguaios logo na sequência, no dia 24. E o Paraguai e o Panamá serão os outros adversários da equipe nacional no qualificatório, sendo que os primeiros duelos com essas seleções vão ocorrer em novembro, no País, em locais ainda a serem determinados.

"Difundir o basquete por todas as regiões do país e colocar a seleção brasileira para atuar por todo o Brasil era um compromisso do presidente Guy Peixoto. E nesses dois anos e meio jogamos nas regiões Norte, Centro-Oeste, Sul e Sudeste. Em breve, esperamos levar a seleção também para o Nordeste, o que será um prazer. Agradecemos a parceria com a cidade de São José dos Pinhais, com a secretaria de esportes e lazer, além da Federação Paranaense de Basketball", disse o diretor executivo da CBB, Marcelo Sousa.

Anteriormente, o técnico Aleksandar Petrovic havia indicado que aproveitaria esses duelos com o Uruguai para testes visando a participação da seleção brasileira no Pré-Olímpico. Em junho, a equipe nacional vai disputar o qualificatório em Split, na Croácia.

"É muito importante a presença da seleção brasileira no Paraná e em São José dos Pinhais, que vem aparecendo com uma equipe no adulto, no Campeonato Brasileiro. A prefeitura tem investido muito no esporte e no basquete. É um local que cabe bastante gente, é bem recepcionada. É perto de Curitiba. Os curitibanos vão comparecer aos jogos também. Tem o aeroporto para receber o pessoal. Para o basquete do Paraná, é muito legal receber o Brasil. Já recebemos a seleção feminina no sub-14, em Cornélio Procópio, e fomos pés quentes com o título no Sul-Americano. E que a gente continue sendo pé-quente nesse grande trabalho da CBB e do presidente Guy Peixoto", afirmou Marival Mazzio, presidente da Federação Paranaense de Basketball.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.