Reprodução/USA Basketball Twitter
Reprodução/USA Basketball Twitter

Sem Brasil, Copa do Mundo Feminina de basquete começa com vitória de favoritas

Seleção dos Estados Unidos bateu Senegal, enquanto Espanha derrotou o Japão no primeiro dia de competição

Estadão Conteúdo

22 Setembro 2018 | 22h42

Sem a presença da seleção brasileira, a Copa do Mundo Feminina de basquete teve início neste sábado, em Santa Cruz de Tenerife, na Espanha, com vitórias das principais candidatas ao título. Os Estados Unidos venceram Senegal, enquanto a Espanha bateu o Japão.

O time norte-americano entra na competição como o maior favorito, em razão do forte retrospecto em Mundiais. São nove títulos em 17 edições da competição, incluindo as duas últimas. Mas tal hegemonia foi testada neste sábado. Mesmo com amplo favoritismo, as americanas chegaram a ficar atrás no placar contra Senegal e terminaram a partida com vantagem de "apenas" 20 pontos: 87 a 67.

A ligeira dificuldade dos EUA pode ser atribuído em parte ao desfalque da pivô Brittney Griner, uma das principais jogadoras da equipe. Ela se machucou às vésperas da estreia. O time comandado pela técnica Dawn Staley contou com os destaques de Delle Donne, cestinha do jogo, com 19 pontos. Ogwumike contribuiu com 16 e Wilson, com 15.

Outra equipe candidata ao troféu é a anfitriã Espanha, que bateu as japonesas por 84 a 71. Em outros resultados deste primeiro dia de disputas, a China bateu a Letônia por 64 a 61, a Austrália derrotou a Nigéria por 86 a 68, a França derrotou a Coreia do Sul por 89 a 58, a Turquia surpreendeu a Argentina por 63 a 37 e o Canadá superou a Grécia por 81 a 50.

Seleção que ganhou do Brasil nas Eliminatórias, Porto Rico decepcionou na estreia. Sofreu uma dura derrota por 50 pontos de vantagem diante da Bélgica: 86 a 36. A equipe porto-riquenha, que desbancou as brasileiras na disputa pela última vaga do continente na Copa, anotou apenas seis pontos até o intervalo da partida.

Com o insucesso nas Eliminatórias, a seleção brasileira ficou de fora do Mundial pela primeira vez desde 1959. O Brasil tem história no grande torneio por ter se sagrado campeão mundial em 1994, vencendo na semifinal o time dos Estados Unidos. O campeão da Copa do Mundo vai garantir vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.