Sem clube no Brasil, Érika volta ao basquete espanhol

Veterana pivô foi anunciada como reforço do Perfumerías Avenida

Estadão Conteúdo

25 de novembro de 2016 | 19h23

Após quatro temporadas no Brasil, Érika está de volta ao basquete espanhol. Nesta sexta-feira, a pivô de 1,97m, destaque da seleção brasileira, foi anunciada como reforço do Perfumerías Avenida, de Salamanca, clube que ela ajudou a conquistar o título da Euroliga de 2011.

Aos 34 anos, Érika coleciona passagens por times de diversas partes do mundo. Como os campeonatos nacionais são curtos, as atletas do basquete se acostumam a defender dois ou até três clubes por temporada.

Em 2016, Érika disputou a Liga de Basquete Feminino (LBF) pelo América-PE. O time caiu na semifinal e ela seguiu para os EUA, onde defendeu o Chicago Sky. Na sua 11.ª temporada seguida na WNBA, a segunda pelo time de Chicago, caiu novamente na semifinal.

A confirmação da ausência de Érika enfraquece ainda mais a edição 2016/2017 da LBF. Pela segunda temporada seguida, a competição terá apenas seis clubes, que jogarão 20 vezes na fase de classificação, novamente com a previsão de diversas rodadas duplas, com dois times se enfrentando em dias seguidos, para economizar.

Quase toda a base da seleção está fora do torneio. Adrianinha e Iziane se aposentaram, a pivô Nádia trocou o Sampaio Corrêa pelo IDK Gipuzkoa, da Espanha, enquanto Isabela Ramona foi para o Zamarat, do mesmo país. Clarissa seguiu para o Tango Bourges, da França. O Corinthians/Americana, porém, conseguiu manter Damiris.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.