Brett Davis/ USA TODAY Sports
Brett Davis/ USA TODAY Sports

Sem jogar na temporada, Splitter é trocado e vai para o Philadelphia 76ers

Pivô ainda não tem garantia de que ficará na nova equipe; quinta-feira é o último dia de trocas na NBA

Estadao Conteudo

23 Fevereiro 2017 | 09h11

Ainda em recuperação de uma cirurgia no quadril que o tirou dos Jogos Olímpicos do Rio, Tiago Splitter agora é jogador do Philadelphia 76ers. Na noite de quarta-feira, o Atlanta Hawks, franquia com a qual o pivô tinha contrato, anunciou uma troca com o 76ers que também envolve a ida do ala/pivô turco Ersan Ilyasova para Atlanta. O Hawks ainda fica com uma escolha de segunda rodada do próximo draft, inicialmente pertencente ao Miami Heat.

Splitter, porém, não tem a garantia de que ficará no 76ers, um dos piores times da liga. Esta quinta-feira é o último dia de trocas na NBA e não será surpresa se o pivô brasileiro for novamente trocado ou mesmo dispensado pelo time da Filadélfia. Nesta mesma época do ano passado, por exemplo, Anderson Varejão foi trocado pelo Cleveland Cavaliers com o Portland Trail Blazers, que em seguida o dispensou.

A diferença no caso dos dois brasileiros é que o 76ers, em seu site oficial, celebrou a contratação de Splitter, lembrando que ele tem 347 partidas de NBA na carreira, com média de 8 pontos, 5 rebotes e 19,4 minutos em quadra.

O pivô, então considerado o melhor do basquete europeu, chegou à NBA em 2010, pelo San Antonio Spurs. Após cinco temporadas, ele seguiu para o Atlanta Hawks em julho de 2015. Em 31 de janeiro do ano passado, fez seu último jogo pela equipe, contra o Miami Heat.

Mais conteúdo sobre:
NBAbasqueteTiago Splitter

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.