Sem Leandrinho, seleção de basquete inicia preparação

A seleção brasileira masculina de basquete começou a sua preparação para a Copa América, torneio classificatório para o Mundial, sem Leandrinho Barbosa. A ausência do ala/armador era esperada porque ele ainda se recupera de uma lesão no joelho, mas ainda não havia sido oficializada.

AE, Agência Estado

19 de julho de 2013 | 12h45

O jogador, porém, se apresentou com o restante do grupo e conversou com o técnico Rubén Magnano. "Já sabia da situação do Leandrinho que iria pedir dispensa porque está se recuperando de uma cirurgia. Ele veio aqui, mostrou vontade de estar junto, mas não pode. Não teria tempo para se recuperar", disse o treinador.

Leandrinho é o quinto dos 20 jogadores convocados por Magnano para defender a seleção a pedir dispensa, todos eles da NBA. Os outros foram Tiago Splitter, Nenê Hilário, Anderson Varejão e Lucas Bebê, selecionado recentemente pelo Atlanta Hawks no Draft da liga norte-americana de basquete.

Com essas ausências, a seleção passa a ser formada por Marcelinho Huertas (armador), Larry Taylor (armador), Raulzinho (armador), Rafael Luz (armador), Scott Machado (armador), Vitor Benite (ala/armador), Marquinhos (ala) Alex (ala), Arthur (ala), Guilherme Giovannoni (ala/pivô), Augusto Lima (ala/pivô), Rafael "Mineiro" (ala/pivô), Vitor Faverani (ala/pivô), Caio Torres (pivô) e Rafael Hettsheimeir (pivô).

O grupo da seleção ainda não está completo em São Paulo, onde a equipe se prepara para a Copa América. O armador Scott Machado tem previsão de chegada no dia 23 e o pivô Vítor Faverani ainda não confirmou a data da sua apresentação. Magnano também convidou o pivô Cristiano Felício e o ala Léo Meindl, que estiveram com a seleção brasileira de novos na Universíada de Kazan, na Rússia.

Apesar das ausências, Magnano aposta que o Brasil tem chances de conquistar uma vaga no Mundial na Copa América. "Mesmo com os desfalques que todos sabem, vamos lutar por uma das quatro vagas na Copa América. Ninguém vai tirar nosso sonho de classificação", disse. "Não posso falar ainda dos adversários que teremos pela frente porque muitos também estão enfrentando os mesmos problemas do que nós", comentou.

Nesta sexta e no sábado, os jogadores realizam exames médicos e físicos em São Paulo, onde vão treinar até 30 de julho. Antes da Copa América, a seleção brasileira vai disputar o Torneio Super 4, na Argentina (3 e 4 de agosto), um amistoso contra o Uruguai, em São Carlos-SP (7 de agosto); o Torneio Super 4, em Anápolis-GO (10 e 11 de agosto), um amistoso o México, em Osasco-SP (13 de agosto), e a Copa Tuto Marchand, em San Juan, Porto Rico (22 a 26 de agosto).

Na Copa América, na Venezuela, o Brasil está no Grupo A e terá como adversários na primeira fase as seleções de Porto Rico (30 de agosto), Canadá (1º de agosto), Uruguai (2) e Jamaica (3). Os quatro primeiros colocados no torneio se classificam para o Mundial de Basquete, que será disputado na Espanha em 2014.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.