Sem Nenê, Wizards bate Celtics após duas prorrogações

Em jogo emocionante, time da capital derrota os jogadores do Boston por 133 a 132. Com lesão no joelho, Nenê desfalca a equipe

Estadão Conteúdo

09 de dezembro de 2014 | 08h26

Em um jogo repleto de altos e baixos de ambos os lados, o Washington Wizards conseguiu uma emocionante vitória diante do Boston Celtics na rodada de segunda-feira da NBA. Depois de duas prorrogações, a equipe fez 133 a 132, chegou ao 14.º triunfo em 20 jogos e devolveu a derrota sofrida no último domingo diante do mesmo rival.

O brasileiro Nenê voltou a ser desfalque pelo lado do Wizards, desta vez com um problema no joelho. Mas o veterano Paul Pierce apareceu para marcar 28 pontos, terminado como cestinha, ao lado do rival Jeff Green. John Wall também foi fundamental, com 26 pontos, sendo 10 deles os últimos da equipe na prorrogação, e 17 assistências. Marcin Gortat ainda contribuiu com 21 pontos e 12 rebotes.

O Wizards chegou a ter uma vantagem de 20 pontos a três minutos para o fim do terceiro quarto, mas permitiu o empate. Na primeira prorrogação, o Celtics abriu cinco pontos faltando um minuto, mas também viu o adversário reagir. No segundo tempo extra, nova escapada dos visitantes, que abriram sete pontos, mas aí Wall apareceu para virar o confronto.

Se Nenê não esteve em quadra, Anderson Varejão foi titular do Cleveland Cavaliers e ajudou a equipe a chegar à sétima vitória consecutiva, se firmando de vez na zona de classificação para os playoffs da Conferência Leste. Pior para o Brooklyn Nets, que, mesmo em casa, foi atropelado por 110 a 88 sob olhares do casal real britânico, príncipe William e Kate Middleton, que estava no ginásio.

O brasileiro marcou apenas sete pontos, mas pegou 14 rebotes nos 23 minutos em que esteve em quadra. LeBron James terminou com 18 pontos e Kyrie Irving foi ainda pior, com sete, mas Kevin Love, com 19 pontos e 14 rebotes, Tristan Thompson, com 14 pontos e 12 rebotes, e Dion Waiters, com 26 pontos, garantiram o triunfo.

Quem também segue em grande fase no Leste é o Toronto Raptors, líder da conferência e que passou pelo Denver Nuggets por 112 a 107, em casa, na prorrogação, graças aos 26 pontos do reserva Lou Williams. A segunda colocação é do Atlanta Hawks, que também venceu a sétima seguida ao atropelar o Indiana Pacers por 108 a 82, com 25 pontos de Al Horford.

Mas a melhor campanha da NBA ainda é do Golden State Warriors, que venceu pela 13.ª vez seguida, a 18.ª em 20 partidas na temporada. Fora de casa, passou com facilidade pelo lanterna da Conferência Oeste, o Minnesota Timberwolves, por 102 a 86. O destaque mais uma vez ficou por conta da dupla Stephen Curry e Klay Thompson, com 21 pontos cada um. Leandrinho, discreto, marcou quatro pontos nos oito minutos em que esteve em quadra.

Em duelo de duas equipes que brigam pelos playoffs do Oeste, o Los Angeles Clippers passou pelo Phoenix Suns por 121 a 120, em casa, na prorrogação, graças à bola de três de Blake Griffin no estouro do cronômetro. O ala/pivô, aliás, foi o cestinha da partida, com incríveis 45 pontos. Também no Oeste, o Sacramento Kings fez 101 a 92 no Utah Jazz e segue pensando em playoffs.

Confira as partidas desta terça-feira na NBA:

Cleveland Cavaliers x Toronto Raptors

Detroit Pistons x Portland Trail Blazers

Memphis Grizzlies x Dallas Mavericks

New Orleans Pelicans x New York Knicks

Oklahoma City Thunder x Milwaukee Bucks

Phoenix Suns x Miami Heat

Utah Jazz x San Antonio Spurs

Los Angeles Lakers x Sacramento Kings

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.