Sem vaga, basquete vai valorizar Nacional

Sem ter conseguido vaga para a Olimpíada de Atenas, o basquete masculino terá de valorizar ainda mais a edição de 2004 do Campeonato Nacional, que começa em 25 de janeiro e terá 16 equipes. A fase de classificação dos times que vão disputar o torneio está no final e, por enquanto, 14 têm vagas asseguradas. O COC/Ribeirão Preto, comandado pelo técnico Aloisio Ferreira, o Lula, não participa da seletiva, pois está confirmado como atual campeão brasileiro.Outros com presença certa são Londrina (PR), Blumenau (SC), Universo (DF), campeão da Supercopa Brasil, Unit/Uberlândia e Universo/Minas (MG), Universo/Ajax (GO), Universo/Campos, Flamengo e Tijuca/Del Valle (RJ), Franca, Uniara/Araraquara e Corinthians/Mogi, de São Paulo, e Ulbra (RS).O Campeonato Nacional Feminino será retomado no dia 4. Para não perder ritmo, os clubes deram folgas curtas, apenas para que as jogadoras passem a véspera e o dia do Natal e a passagem de ano com suas famílias. O Black&Decker/Uberaba enfrentará o Pão de Açúcar/Unimed/Ourinhos, primeiro colocado na fase de classificação e único time invicto na competição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.