Steph Chambers/ AFP
Steph Chambers/ AFP

Sérvio Nikola Jokic, do Denver Nuggets, é eleito MVP da temporada da NBA

Principal prêmio individual é conquistado por um europeu pela terceira vez consecutiva

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de junho de 2021 | 22h57

O sérvio Nikola Jokic foi eleito nesta terça-feira o MVP (jogador mais valioso) da temporada regular da NBA. Pivô do Denver Nuggets foi o destaque da liga de basquete dos Estados Unidos, superando o norte-americano Stephen Curry, do Golden State Warriors, e o camaronês Joel Embiid, do Philadelphia 76ers

Com o feito de Jokic, é a terceira temporada consecutiva em que um europeu é eleito MVP. O sérvio teve ótimo desempenho, com os melhores números de sua carreira e ajudou a franquia do Colorado a alcançar a terceira posição na Conferência Oeste. Ele participou de todas as 72 partidas da temporada regular. Nos playoffs, o Denver Nuggets já superou o Portland Trail Blazers e está enfrentando o Phoenix Suns. Na primeira partida da série, vitória dos Suns por 122 a 105.

O jogador sérvio registrou números excelentes, com média de 26,4 pontos por jogo, além de 8,3 assistências e 10,8 rebotes. Antes de Jokic, o grego Giannis Antetokounmpo, do Milwaukee Bucks, ficou com o título de MVP nas temporadas 2018/2019 e 2019/2020. O último norte-americano a receber o prêmio foi James Harden, então jogador do Houston Rockets.

Jokic tem 26 anos e chegou ao basquete norte-americano em 2013 e desde então defende a mesma franquia. Nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, foi medalha de prata com a seleção sérvia. "Em termos de estatística, acho que esta foi a melhor temporada da minha vida. Para ser honesto, nem pensei em estar na NBA quando comecei a jogar basquete na minha casa", declarou o jogador dos Nuggets. 

Após a primeira partida em que saiu derrotado, o Denver Nuggets volta às quadras nesta quarta-feira, novamente em Phoenix. Após esta sequência, defenderá a classificação em sua casa, no Colorado. A franquia jamais conquistou uma NBA e sonha com seu primeiro título.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.