Shaq descarta ir para a Europa a admite aposentadoria

O pivô Shaquille O''Neal pode ter disputado no primeiro semestre as suas últimas partidas como jogador de basquete. Quatro vezes campeão da NBA, o atleta descartou na noite desta segunda-feira a possibilidade de atuar na Europa. Além disso, admitiu que se aposentará caso não recebe uma proposta interessante de uma franquia da liga norte-americana.

AE, Agência Estado

03 de agosto de 2010 | 17h27

Aos 38 anos, Shaq disputou a última temporada pelo Cleveland Cavaliers, do brasileiro Anderson Varejão. No entanto, o pivô teve o seu contrato com a equipe encerrado e ainda não acertou com outra franquia para 2010/11. Em entrevista a um programa da TV norte-americana ABC, o astro foi enfático quando perguntado se jogaria no continente europeu.

"Não. A coisa boa sobre mim e minha carreira é que cheguei, fiz do meu jeito, fiz mais do que eu esperava. Para todo atleta e toda grande personalidade, há um momento em que tem que acabar", afirmou Shaq, admitindo a sua aposentadoria. "Nós vamos fazer uma grande festa", completou sobre a possibilidade de encerrar a carreira.

Campeão pelo Los Angeles Lakers em 2000, 2001 e 2002 - também triunfou em 2006 pelo Miami Heat -, Shaq disse que não seria estranho jogar pelo Boston Celtics, rival histórico do time californiano, que teria feito uma proposta para o pivô. "Eu sei que vou jogar na próxima temporada da NBA", concluiu, esperançoso em atuar por mais dois anos na liga.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBAShaquille O'NealShaq

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.