Mark J. Terril
Mark J. Terril

Shaquille O’Neal vira acionista do Sacramento Kings

Ex-atleta foi responsável pelos grandes vexames da franquia quando atuava pelo Lakers

O Estado de S. Paulo

23 de setembro de 2013 | 15h32

SÃO PAULO - O ex-pivô Shaquille O'Neal adquiriu parte minoritária do Sacramento Kings e agora é um dos donos da franquia. O negócio será confirmado oficialmente nesta terça, mas O'Neal, hoje comentarista, confirmou a informação para o jornal norte-americano USA Today. "O que me atraiu neste acordo é a nova visão, o novo Kings, todas as novidades. Eu sempre quis fazer parte de algo assim. Vai ser ótimo", afirmou o novo chefão da equipe localizada na Califórnia. Curiosamente, O'Neal foi responsável por eliminar os Kings por três vezes seguidas dos playoffs (2000,2001 e 2002) quando atuava pelo maior rival da equipe, o Los Angeles Lakers. Nesse período, o extrovertido jogador apelidou o time de 'Sacramento Queens (rainhas)', e passou a ser odiado pelos torcedores.

O interesse para adquirir ações da franquia surgiu quando O'Neal foi consultado para tutelar o jovem pivô DeMarcus Cousin. "Eu queria encontrar alguém para adicionar ao grupo de proprietários que realmente tivesse representado o basquete no século XXI, que demonstrasse a minha concepção de NBA 3.0 e a compreensão do sistema, com objetivo de construir uma marca mundial, por meio de uma visão global. Estávamos à procura de alguém que causasse impacto na comunidade. E a pessoa com o maior ícone do planeta é o Dr. O'Neal", disse o dono Vivek Ranadive.

Nesta temporada, os Kings quase foram vendidos para um grupo de investidores de Seattle, mas a negociação não foi aprovada pela administração da NBA. Shaquille O'Neal se junta a um grupo de celebridades donos de times. Michael Jordan é o atual mandatário do Charlotte Bobcats. Justin Timberlake (cantor) e Peyton Manning (atleta do futebol americano) são donos de ações do Memphis Grizzlies. O rapper Jay-Z era sócio do Brooklyn Nets, mas abriu mão de suas ações para se tornar agente de jogadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.