Richard Mackson/USA TODAY
Richard Mackson/USA TODAY

Sob o comando de Kyrie Irving, Celtics derrota Clippers e mantém liderança na NBA

Equipe do estado de Massachusetts agora soma 35 vitórias e 14 derrotas

Estadão Conteúdo

25 Janeiro 2018 | 09h30

Sob o comando de Kyrie Irving, o Boston Celtics venceu mais uma na noite desta quarta-feira e sustentou a ponta da Conferência Leste da NBA. Fora de casa, o Celtics derrotou o Los Angeles Clippers por 113 a 102. Pela mesma rodada, o Toronto Raptors também obteve vitória e se aproximou do líder. E, pela Conferência Oeste, o Houston Rockets vence fora de casa.

'

+ Com Embiid, NBA define jogadores para duelo dos novatos no All-Star Weekend

+ LeBron chega aos 30 mil pontos na NBA, mas Cavaliers perde para o Spurs

Em Los Angeles, o Celtics voltou a mostrar força após atuações irregulares nas últimas semanas. A equipe vinha de quatro derrotas seguidas na temporada, sua pior marca negativa até então. Mas Irving liderou a equipe visitante, com 20 pontos, oito rebotes e sete assistências. Jayson Tatum contribuiu com 18 pontos e seis rebotes. E Marcus Morris e Terry Rozier anotaram 15 pontos cada.

Pelo Clippers, Blake Griffin foi o cestinha da equipe e da partida. Ele foi o responsável por 23 pontos. Lou Williams acertou 20 enquanto DeAndre Jordan anotou um "double-double" de 15 pontos e 14 rebotes. Apesar da boa atuação da dupla, o time de Los Angeles sofreu sua terceira derrota seguida.

Com o resultado, o Celtics voltou a respirar na liderança da Conferência Leste. Agora soma 35 vitórias e 14 derrotas. Tem, no geral, a terceira melhor campanha desta temporada regular da NBA. Já o Clippers é o nono colocado da Conferência Oeste, logo abaixo da zona de classificação aos playoffs, com 23 triunfos e 24 derrotas.

 

Na cola do Celtics, o Toronto Raptors fez a sua parte ao derrotar o Atlanta Hawks por 108 a 93, fora de casa. Jonas Valanciunas mais uma vez comandou os visitantes, com 16 pontos e 13 rebotes. E teve a ajuda do reserva Fred VanVleet, que deixou o banco para anotar 19.

Pelo Hawks, Dennis Schroder foi o cestinha do jogo ao registrar 20 pontos. John Collins marcou um "double-double" de 13 pontos e 16 rebotes, sua melhor marca da carreira no fundamento.

Em segundo lugar na Conferência Leste, o Raptors soma 32 vitórias e 14 derrotas. Já o Hawks vive situação exatamente oposta. É o penúltimo colocado da tabela, com apenas 14 triunfos e 33 derrotas.

Na briga pela liderança da Conferência Oeste, o Houston Rockets venceu a quarta seguida na temporada ao superar na noite desta quarta o Dallas Mavericks por 104 a 97. James Harden anotou um "double-double" de 25 pontos e 13 assistências. E Trevor Ariza registrou 23 pontos. Eric Gordon, por sua vez, contribuiu com 17. O brasileiro Nenê não entrou em quadra nesta quarta.

Pelo Mavericks, Wesley Matthews anotou 29 pontos e foi o cestinha da partida. E Yogi Ferrell marcou 19. O time de Dallas é o penúltimo colocado da tabela, com 16 triunfos e 32 derrotas. Na outra ponta da tabela, o Rockets é o vice-líder, com 34 vitórias e 12 derrotas, tentando alcançar o líder Golden State Warriors (38/10).

Em Detroit, o Utah Jazz bateu o Pistons por 98 a 95, pela mesma rodada. Raulzinho, que vem ganhando boas oportunidades na equipe nas últimas semanas, esteve em quadra por dez minutos e pôde anotar seis pontos e dois rebotes. O Jazz é o décimo colocado da Conferência Oeste, com 20 vitórias e 28 derrotas.

Confira os resultados da noite desta quarta-feira:

Charlotte Hornets 96 x 101 New Orleans Pelicans

Detroit Pistons 95 x 98 Utah Jazz

Indiana Pacers 116 x 101 Phoenix Suns

Philadelphia 76ers 115 x 101 Chicago Bulls

Atlanta Hawks 93 x 108 Toronto Raptors

Dallas Mavericks 97 x 104 Houston Rockets

Memphis Grizzlies 85 x 108 San Antonio Spurs

Portland Trail Blazers 123 x 114 Minnesota Timberwolves

Los Angeles Clippers 102 x 113 Boston Celtics

Acompanhe os jogos desta quinta-feira:

Miami Heat x Sacramento Kings

Oklahoma City Thunder x Washington Wizards

Denver Nuggets x New York Knicks

Golden State Warriors x Minnesota Timberwolves

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.