Splitter volta e Spurs impõem décima derrota consecutiva aos Knicks

Equipe de Nova York não suporta o jogo envolvente do atual campeão da NBA e perde por 109 a 95; Carmelo volta a ficar fora

Estadão Conteúdo

11 de dezembro de 2014 | 08h49

Sem poder contar com Carmelo Anthony, poupado com dores no joelho, o New York Knicks conheceu, quarta-feira à noite, a sua 10.ª derrota seguida na NBA. Jogando fora de casa, no AT&T Center, levou 109 a 95 do San Antonio Spurs. A campanha do gigante de Nova York é a terceira pior da temporada, melhor apenas que as de Detroit Pistons e Philadelphia 76ers.

Do outro lado, o atual campeão contou com a volta de Thiago Splitter, que se recuperou de uma lesão no panturrilha e jogou por oito minutos, marcando três pontos e pegando um rebote. Foi só o segundo jogo do brasileiro na temporada - ele também havia atuado poucos minutos contra o Atlanta, em 5 de novembro.

Na vitória sobre os Knicks, mais uma vez falou mais alto o elenco dos Spurs, que tiveram nove jogadores marcando pelo menos nove pontos. Isso sem contar com Tim Duncan, Manu Ginobili e Tony Parker, todos poupados. O time de San Antonio é o sexto do Oeste, com campanha de 16 vitórias e seis derrotas, idêntica à do Toronto Raptors, líder do Leste.

Em Charlotte, Rajon Rondo deu mais um show que de nada serviu para o Boston Celtics. Pela segunda vez em quatro dias, o armador conseguiu um triplo-duplo. Apesar dos 12 pontos, 10 rebotes e 10 assistências do veterano, o Boston perdeu de 96 a 87 para os Hornets, fora de casa. Com ele em quadra, o rival fez 21 pontos a mais que o Celtics.

O jogo mais emocionante de quarta-feira na NBA aconteceu em Orlando, onde o Washington Wizards venceu o Magic por 91 a 89. Os donos da casa tinham o jogo na mão, com cinco pontos de vantagem faltando um minuto para o término da partida. Permitiram o empate, mas tinham a bola do jogo, a três segundos do fim. Victor Oladipo tentou o arremesso e acertou o aro.

Com 0s8 no cronômetro, os Wizards pegaram o rebote e pediram tempo. Na cobrança de lateral, Andre Miller cobrou direto em relação à cesta e Breadley Beal apareceu para completar a ponte aérea e mandar para a cesta.

Nenê jogou por 20 minutos e teve sua melhor atuação desde que voltou de lesão, anotando 12 pontos e colhendo seis rebotes para os Wizards, que ocupam o terceiro lugar do Leste, com 15 vitórias e seis derrotas.

Outro brasileiro em quadra na noite de quarta-feira foi Leandrinho, mas o ala/armador pouco fez na vitória do Golden State Warriors sobre o Houston Rockets por 105 a 93. Em quase seis minutos, pegou um rebote, acertou seu único arremesso de quadra e cometeu duas faltas. A vitória foi a 14.ª seguida dos Warriors, que só perderam duas na temporada e têm a melhor campanha da NBA.

Confira os resultados desta quarta-feira na NBA:

Charlotte Hornets 96 x 87 Boston Celtics

Indiana Pacers 96 x 103 Los Angeles Clippers

Orlando Magic 89 x 91 Washington Wizards

Atlanta Hawks 95 x 79 Philadelphia 76ers

Chicago Bulls 105 x 80 Brooklyn Nets

Minnesota Timberwolves 90 x 82 Portland Trail Blazers

San Antonio Spurs 109 x 95 New York Knicks

Dallas Mavericks 112 x 107 New Orleans Pelicans

Golden State Warriors 105 x 93 Houston Rockets

Denver Nuggets 102 x 82 Miami Heat

Confira os jogos desta quinta-feira na NBA:

Oklahoma City Thunder x Cleveland Cavaliers

Sacramento Kings x Houston Rockets

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.