Harry How/AFP
Harry How/AFP

Spurs batem Clippers e empatam série; Hawks fazem 2 a 0 nos Nets

Atuais campeões derrotam time de Los Angeles na prorrogação

Estadão Conteúdo

23 de abril de 2015 | 08h56

A três dias de completar 39 anos, Tim Duncan mostrou mais uma vez por que é considerado um dos grandes nomes da NBA em todos os tempos. Na noite de quarta-feira, foi ele o principal responsável por levar o San Antonio Spurs à primeira vitória nestes playoffs. O time texano fez 111 a 107 no Los Angeles Clippers, na prorrogação, empatou a série melhor de sete em 1 a 1 e quebrou o mando de quadra do adversário.

Se no primeiro duelo o intenso jogo físico do time californiano definiu o resultado, desta vez o Spurs encontrou alternativas para também impor seu estilo de forte marcação e rápida troca de passes. E o principal responsável por isso foi justamente Tim Duncan, autor de um "double-double", com 28 pontos e 11 assistências. De quebra, ele se tornou o quinto jogador da história a atingir cinco mil pontos em playoffs, ao lado de Michael Jordan, Kareem Abdul-Jabbar, Kobe Bryant e Shaquille O'Neal.

A vitória do Spurs poderia ter sido mais tranquila. A equipe chegou a abrir dez pontos a seis minutos para o fim, mas viu o adversário reagir e virar. Blake Griffin teve a chance de selar a vitória, mas entregou a bola de graça para Patty Mills selar o empate. Na prorrogação, o próprio Mills foi o responsável por abrir vantagem e levar os texanos ao triunfo.

Mills terminou com 18 pontos, sendo oito na prorrogação, enquanto Kawhi Leonard contribuiu com 23, além de nove rebotes. Blake Griffin teve grande atuação e terminou com um "triple-double", com 29 pontos, 12 rebotes e 11 assistências, mas errou em duas bolas fundamentais. DeAndre Jordan terminou com 20 pontos e 15 rebotes, enquanto Chris Paul anotou 21 pontos, oito rebotes e sete assistências.

Se o Clippers perdeu a vantagem do mando de quadra e agora precisará vencer fora de casa se quiser avançar, o Atlanta Hawks voltou a triunfar diante do Brooklyn Nets e abriu 2 a 0 na série. Novamente em casa, a equipe da Geórgia fez 96 a 91 e deu passo importante para ir às semifinais da Conferência Leste.

A atuação do Hawks foi um pouco do que se viu durante toda a temporada. Seu quarteto formado Paul Millsap (19 pontos), Kyle Korver (17), Jeff Teague (16) e Al Horford (14, além de 13 rebotes) teve grande atuação e definiu a vitória. Pelo Nets, destaque para os 23 pontos do reserva Jarrett Jack, cestinha do duelo.

Ainda na quarta-feira, o Memphis Grizzlies venceu novamente o Portland Trail Blazers em casa, dessa vez por 97 a 82, e abriu 2 a 0 na série da Conferência Oeste. Courtney Lee e Mike Conley marcaram 18 pontos cada e conduziram a vitória. O cestinha, no entanto, saiu do lado adversário: LaMarcus Aldridge, com 24 pontos, além de 14 rebotes.

Os playoffs da NBA terão sequência nesta quinta-feira com três partidas. Vencendo por 2 a 0, o Cleveland Cavaliers vai a Boston enfrentar o Celtics pela Conferência Leste, mesma situação do Chicago Bulls diante do Milwaukee Bucks. Do lado Oeste, o Golden State Warriors, também em vantagem de 2 a 0, pega o Pelicans em New Orleans.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.