Spurs superam Blazers e vão à terceira final seguida no Oeste

Time texano espera agora o vencedor da série entre Thunder e Clippers

Agência Estado

15 de maio de 2014 | 09h17

SAN ANTONIO - O San Antonio Spurs se classificou na noite de quarta-feira para a decisão da Conferência Oeste da NBA. Para isso, superou a lesão sofrida por Tony Parker durante o segundo quarto e derrotou o Portland Trail Blazers por 104 a 82, em casa, fechando a série, válida pela segunda rodada dos playoffs , em 4 a 1.

Assim, os Spurs disputarão pela terceira vez consecutiva a final de conferência e tentarão repetir a vitória do ano passado, quando, posteriormente, foram batidos na decisão da maior liga de basquete do mundo pelo Miami Heat por 4 a 3.

O time de San Antonio, que possui a melhor campanha desta temporada na NBA, agora espera a definição do seu adversário, que sairá da série entre Oklahoma City Thunder, que lidera por 3 a 2, e Los Angeles Clippers. "Quero jogar contra aquela que for a melhor equipe", declarou Leonard. "Nos servirá de preparação para a final (da NBA)", completou.

Danny Green e Kawhi Leonard anotaram 22 pontos cada para os Spurs, enquanto Patty Mills marcou 18 e Tim Duncan somou 16 pontos e oito rebotes. Já o pivô brasileiro Tiago Splitter atuou por 28 minutos na noite de quarta-feira, com quatro pontos, sete assistências e quatro rebotes. LaMarcus Aldridge marcou 21 pontos pelos Blazers, enquanto Damian Lillard anotou 17 pontos e deu dez assistências e Nicolas Batum contribuiu com 12 rebotes e dez pontos.

Depois da saída de Parker no primeiro tempo em razão de dores musculares, Leonard, Mills e Green intensificaram seu jogo, tanto na defesa como no ataque. O time de San Antonio terminou a partida com 13 roubadas de bola, sendo cinco de Leonard, e levou os Blazers a perderem a posse em 18 ocasiões. Os Spurs também tiveram 24 assistências em 42 cestas e uma pontaria de 47% nos arremessos de quadra.

"Minha mentalidade era tentar ser agressivo no ataque", disse Leonard. "Sabíamos que Tony estava fora, ele tem um jogo muito agressivo e devemos tentar manter o nosso sistema. Aplicar nossa ofensiva, circular a bola, apenas tentar ser um pouco mais agressivo", completou.

Agora, porém, a preocupação dos Spurs é com a condição de Parker. "Felizmente, temos alguns dias de descanso", disse Duncan. "Obviamente nos preocupa, mas ele é forte. Ele vinha tendo uma grande série e isso o afetou. Os médicos o tiraram antes que se machucasse. Ele se sentia um pouco estranho e fizeram a coisa certa. Espero que não seja nada sério".

Os playoffs da NBA prosseguem nesta quinta-feira com a disputa de duas partidas. Pelas semifinais da Conferência Leste, o Washington Wizards recebe o Indiana Pacers. Já o Los Angeles Clippers encara em casa o Oklahoma City Thunder pelas semifinais do Oeste. Os visitantes lideram as séries por 3 a 2 e avançam em caso de vitória.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.