Ray Stubblebine/Reuters
Ray Stubblebine/Reuters

Stephen Curry faz 54 pontos, mas Warriors perdem dos Knicks na NBA

Grande apresentação do ala no Madison Square GArden não impede a derrota por 109 a 105

AE, Agência Estado

28 de fevereiro de 2013 | 09h13

NOVA YORK - Uma histórica atuação de Stephen Curry no Madison Square Garden não impediu o New York Knicks de vencer na rodada de quarta-feira da NBA. Em casa, a equipe superou o Golden State Warriors por 109 a 105, apesar do jogador ter anotado 54 pontos para o time da Califórnia, que está na sexta colocação na Conferência Oeste. Já o Knicks ocupa o terceiro lugar no Leste.

Curry acertou 18 de 28 arremessos de quadra, sendo 11 deles de três, para se tornar o maior pontuador em uma partida da temporada 2012/2013 da NBA. Mas o Knicks conseguiu freá-lo a 1 minuto e 28 segundos do fim, quando o jogo estava empatado em 105 a 105, e Raymond Felton bloqueou o seu disparo. Em seguida, J.R. Smith, que terminou o jogo com 26 pontos, e Carmelo Anthony, que anotou 35, converteram arremessos e definiram o triunfo do Knicks. Tyson Chandler também se destacou pela equipe, com 28 rebotes e 16 pontos.

A série de 18 triunfos do San Antonio Spurs como mandante foi encerrada na noite de quarta, quando a equipe perdeu por 105 a 101 para o Phoenix Suns, em partida definida apenas na prorrogação. Jermaine O''Neal terminou o jogo com 22 pontos e 13 rebotes, enquanto Goran Dragic somou 13 pontos e 13 assistências para o Suns, que tinha perdido os últimos seis jogos contra o Spurs e está em antepenúltimo lugar na Conferência Oeste, liderada exatamente pelo adversário de quarta.

A equipe texana não perdia em casa desde o dia 1º de dezembro, quando foi batida pelo Los Angeles Clippers. Tony Parker fez 22 pontos e Tim Duncan anotou 19 e conseguiu 11 rebotes. O brasileiro Tiago Splitter atuou por 31 minutos, com oito rebotes, quatro pontos e três assistências.

Vice-líder da Conferência Oeste, o Oklahoma City Thunder massacrou o New Orleans Hornets por 119 a 74, em casa, na noite de quarta, para conquistar a terceira vitória consecutiva, com atuações destacadas de Russel Westbrook e Kevin Durant. Westbrook foi o cestinha do duelo com 29 pontos, enquanto Durant conseguiu um "triple-double", com 18 pontos, 11 rebotes e 10 assistências.

Assim, o Thunder conseguiu a quarta vitória nos quatro duelos com o Hornets, vice-lanterna do Oeste, nesta temporada, sendo três deles com vantagem de ao menos 29 pontos. O time de New Orleans sofreu com os desfalques de Anthony Davis e Eric Gordon, ambos lesionados. Ryan J. Anderson marcou 14 pontos para a equipe.

O Memphis Grizzlies, que está em quarto lugar na Conferência Oeste, conquistou a oitava vitória consecutiva na temporada ao superar o Dallas Mavericks por 90 a 84, em casa. Para isso, conseguiu uma virada espetacular, pois estava perdendo por 51 a 26 quando faltavam 5 minutos e 25 segundos para o intervalo.

A equipe, porém, anotou os 20 primeiros pontos do terceiro quarto para assegurar a vantagem no placar. Zach Randolph foi o cestinha da partida com 22 pontos e ainda conseguiu 10 rebotes. Já Marc Gasol somou 21 pontos e 10 rebotes para o Grizzlies. Shawn Marrion marcou 15 pontos para o Mavericks, 11º colocado no Oeste.

Confira os resultados da rodada de quarta-feira da NBA:

Orlando Magic 101 x 125 Sacramento Kings

Cleveland Cavaliers 103 x 92 Toronto Raptors

Washington Wizards 95 x 96 Detroit Pistons

New York Knicks 109 x 105 Golden State Warriors

Memphis Grizzlies 90 x 84 Dallas Mavericks

Houston Rockets 107 x 110 Milwaukee Bucks

Oklahoma City Thunder 119 x 74 New Orleans Hornets

San Antonio Spurs 101 x 105 Phoenix Suns

Utah Jazz 91 x 102 Atlanta Hawks

Portland Trail Blazers 109 x 111 Denver Nuggets

Confira os jogos da rodada desta quinta-feira da NBA:

Indiana Pacers x Los Angeles Clippers

Chicago Bulls x Philadelphia 76ers

Los Angeles Lakers x Minnesota Timberwolves

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.