Suns vence e segue na luta pelo título da divisão na NBA

Com a vitória por 117 a 88 sobre os Timberwolves, time de Leandrinho volta a ser vice na Divisão do Pacífico

Efe

05 de abril de 2008 | 10h13

O armador canadense Steve Nash liderou o ataque do Phoenix Suns que venceu fácil por 117 a 88 o Minnesota Timberwolves pela temporada regular da NBA. A equipe voltou a ficar a meio jogo atrás do Los Angeles Lakers na luta pelo título da Divisão do Pacífico. A vitória foi a sétima consecutiva do Suns (51-25) em sua quadra, a melhor seqüência na temporada, que volta a empatar com o Lakers (51-24) no primeiro lugar da Divisão do Pacífico. A derrota deixou os Timberwolves com a marca de 5-32 fora de casa, a pior da NBA.   Nash conseguiu um double-double de 14 pontos (5 de 6 arremessos de quadra, incluindo 3 de 3 pontos) e 11 assistências.   O ala Amar Stoudemire voltou a ser o cestinha da equipe ao conseguir 24 pontos, com nove rebotes, em apenas 28 minutos que jogou.   O brasileiro Leandrinho marcou 11 pontos e também foi outro destaque dos Suns, jogando 25 minutos e convertendo 5 de 11 arremessos de quadra, incluindo um de três pontos em quatro tentativas, além de ter feito quatro assistências e dois rebotes.   O pivô Shaquille O'Neal pegou 11 rebotes, deu dois tocos e fez cinco pontos.   O pivô Al Jefferson voltou a ser o líder indiscutível no ataque dos Timberwolves com 24 pontos e 12 rebotes, enquanto o armador sérvio Marko Jaric converteu 12 pontos.   HORNETS CLASSIFICADOO armador Chris Paul fez um double-double com 33 pontos e 15 assistências liderando o New Orleans Hornets a uma vaga para os playoffs na vitória por 118 a 110 sobre o New York Knicks. Com sua quarta vitória seguida, os Hornets, com um balanço de 53 vitórias e 22 derrotas, conseguiu a vaga para a série final da Conferência Oeste e, além disso, abriu vantagem de 1,5 partida sobre o campeão, San Antonio Spurs, que esta noite perdeu para a Utah Jazz.   O ala sérvio Peja Stojakovic marcou 22 pontos para os Hornets, que também lidera a Divisão Sudoeste, e o também ala David West somou 17 para os Hornets.   Os Knicks, com um balanço de 20 vitórias e 56 derrotas, último na Divisão do Atlântico, somou cinco derrotas seguidas.   O destaque do time foi o armador Jamal Crawford, que marcou 29 pontos, enquanto o reserva Nate Robinson colaborou com 23 e o pivô Zach Randolph marcou um double-double com 22 pontos e 12 rebotes.

Tudo o que sabemos sobre:
NBALeadrinhoPhoenix Suns

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.