Técnico diz que Ginóbili 'está excelente em todos os aspectos'

Com dores no joelho, estrela da seleção argentina de basquete chegou a ser dúvida para os Jogos Olímpicos

EFE

17 de julho de 2008 | 12h40

O ala-armador argentino Emanuel Ginóbili, do San Antonio Spurs, "está em excelente forma em todos os aspectos", afirmou o técnico da seleção de basquete do país, Sergio Hernández, ao se referir à lesão que no começo do mês trouxe dúvidas sobre a participação do jogador nos Jogos Olímpicos de Pequim.  "Ele melhora a cada exame e se mostra cada vez mais seguro. Evoluiu tão bem de sua lesão que está muito feliz", acrescentou Hernández. As afirmações do treinador e outras do jogador no mesmo sentido diminuíram as preocupações criadas pelo problema de ligamentos no tornozelo esquerdo de Ginóbili. "Se o joelho continuar doendo em meados de julho não poderei ir aos Jogos", alertou o jogador há cerca de dez dias. Agora a situação mudou totalmente, pelo que afirmam Ginóbili, Hernández e o médico da seleção argentina Diego Grippo. "Treinei com mais freqüência nos últimos dias e melhorei bem. A articulação está excelente, o que me deixa muito feliz", comentou o jogador. Os campeões olímpicos em Atenas 2004 Ginóbili, Fabricio Oberto, Luis Scola, Carlos Delfino e Andrés Nocioni são os cinco argentinos que atuam na NBA e formam a base da seleção do país que participará dos Jogos de Pequim. Oberto se recupera de uma lesão em uma das mãos e Delfino não disputou os amistosos preparatórios, pois negocia com outras equipes da NBA depois que o Toronto Raptors não renovou seu contrato.  A Argentina encerra hoje a primeira fase de sua preparação final para os Jogos, realizada em seu país, com um amistoso contra o México na cidade de Mar del Plata.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.