Técnico do Denver Nuggets revela estar com câncer

George Karl, técnico do Denver Nuggets e que comandou o time da Conferência Oeste no All-Star Game de 2010, revelou que está com um câncer na garganta e deverá ficar fora de algumas partidas do time na NBA e de treinos da equipe para se submeter a um rigoroso tratamento de radioterapia e quimioterapia.

AE-AP, Agencia Estado

17 de fevereiro de 2010 | 16h08

Com a voz entrecortada, Karl comentou na última terça-feira sobre a sua doença ao lado do médico Jacques Saari, cercado por jogadores e outros integrantes do Denver, time defendido pelo pivô brasileiro Nenê.

"Meu desejo é fazer todo o possível para seguir com minha equipe durante o tratamento que tenho que fazer", afirmou Karl. "Basicamente, creio que essa é uma equipe que pode ganhar o campeonato (da NBA) e quero fazer tudo que puder para ajudá-la a alcançar essa meta", reforçou o treinador, que revelou que os boletins médicos qualificaram a doença como "tratável e curável".

Karl, que já sobreviveu a um câncer de próstata, afirmou que espera ficar fora de pelo menos dois jogos do Denver, como o do dia 25 de fevereiro, contra o Golden State Warriors, e o do dia 10 de março, contra o Minnesota Timberwolves. Quando Karl estiver fora, o Denver será comandado pelo seu assistente técnico, Adrian

Dantley.

O treinador levou o Denver aos playoffs da NBA nas cinco temporadas em que esteve à frente da equipe. Desde que chegou ao time, em janeiro de 2005, o técnico contabiliza 260 vitórias, a segunda maior marca de um treinador na história do Nuggets.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.