Gregory Shamus/AFP
Gregory Shamus/AFP

Técnico mantém dúvida e LeBron pode perder estreia pela 1ª vez na carreira

Tyronn Lue não confirma participação do astro do Cleveland Cavaliers contra o Boston Celtics

Estadão Conteúdo

16 Outubro 2017 | 16h38

Na véspera da abertura da temporada 2017/2018 da NBA, a presença de LeBron James em quadra ainda é dúvida. Uma lesão no tornozelo pode tirar o astro do Cleveland Cavaliers do esperado confronto diante do Boston Celtics, nesta terça-feira, em casa, segundo reafirmou o técnico Tyronn Lue nesta segunda.

+ Warriors e Cavaliers vencem no encerramento da pré-temporada da NBA

LeBron se contundiu nos primeiros treinos da equipe de Cleveland e só jogou uma partida na pré-temporada, na semana passada, na derrota para o Chicago Bulls. De lá para cá, o jogador ficou de fora dos treinos da equipe até o domingo, quando trabalhou ao lado de seus colegas justamente para testar o tornozelo esquerdo torcido.

Nesta segunda, LeBron apareceu na quadra ao lado de seus colegas somente após o treino do Cavaliers, quando arriscou alguns arremessos. A ausência do astro no treino aumentou os rumores sobre sua participação. Perguntado sobre o assunto, Tyronn Lue comentou: "Eu realmente não sei se ele jogará".

Até pelo mistério sobre sua presença, LeBron preferiu não falar com a imprensa nesta segunda. Seus colegas, porém, mantêm a confiança de que ele estará em quadra diante do Celtics. "Sim, ele jogará. Pode confiar em mim. Eu não me importo com o que ele precisará fazer, mas ele vai jogar", garantiu o ala/armador J.R. Smith.

Caso não tenha condições de atuar, LeBron perderia uma estreia de temporada pela primeira vez na carreira, desde 2003, quando entrou na NBA. Sua presença é ainda mais esperada por causa dos contornos que o duelo com o Celtics ganhou, graças à troca que levou Kyrie Irving para o rival e deu ao Cavaliers Isaiah Thomas, Jae Crowder, Ante Zizic e uma escolha da primeira rodada do Draft do ano que vem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.