Telemar encerra patrocínio e Oscar fecha time no Rio

Mais uma grande equipe do basquete nacional encerrou suas atividades: a Telemar não mais patrocinará o time do Rio de Janeiro, que tem Oscar Schmidt como gerente. No começo do mês, o COC/Ribeirão Preto, pentacampeão paulista, já havia acabado com o time, afirmando que ?o COC não participará mais dessa palhaçada esportiva?. Oscar explicou o motivo de a equipe carioca ter acabado: ?Havia interesse da Prefeitura em seguir com o projeto, desde que a Telemar continuasse como parceira e mantivéssemos uma equipe de ponta. Mas, além de os resultados não terem sido os que esperávamos, a equipe não conquistou nenhum título de expressão neste ano. Fomos impedidos pela CBB de jogar a Liga Sul-Americana. E no ano que vem teremos os Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro - a Telemar, que é patrocinadora oficial, vai gastar muito.? A assessoria de imprensa da Telemar, por sua vez, distribuiu um comunicado oficial da empresa e informou que nenhum responsável daria entrevistas a respeito do fim do patrocínio.

Agencia Estado,

19 Julho 2006 | 18h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.