Ronald Martinez/AFP
Ronald Martinez/AFP

Temporada da NBA é suspensa por tempo indeterminado devido ao coronavírus

Decisão foi tomada após o pivô Rudy Gobert, do Utah Jazz, testar positivo para COVID-19

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de março de 2020 | 23h08

A temporada da NBA está suspensa por tempo indeterminado. A decisão foi tomada nesta quarta-feira após o pivô Rudy Gobert, do Utah Jazz, testar positivo para COVID-19, o que já havia adiado poucas horas antes o jogo da sua equipe contra o Oklahoma City Thunder, na Chesapeake Energy Arena.

Mais cedo, o comissário da NBA, Adam Silver, já havia feito uma teleconferência com os proprietários das 30 franquias para decidir qual rumo tomar. O adiamento da temporada era uma das opções defendida por boa parte das equipes.

"O resultado do teste foi relatado pouco antes do jogo entre Utah Jazz e Oklahoma City Thunder. Naquele momento, o jogo foi cancelado. O jogador afetado não estava na arena", informou a NBA.

"A NBA está suspendendo os jogos após a conclusão da programação desta noite até novo aviso. A liga usará esse hiato para determinar os próximos passos para avançar em relação à pandemia de coronavírus", acrescentou.

Os jogos sem torcida também foram discutidos pelas franquias para dar continuidade na temporada. Tanto que Golden State Warriors e Brooklyn Nets já iriam jogar nesta quinta-feira sem presença de torcedores no Chase Center, por causa da determinação da prefeita de San Francisco.

Nesta quarta-feira, antes da confirmação do teste positivo para COVID-19, Gobert havia sido colocado apenas como dúvida pelo Utah Jazz. Os jogadores das duas equipes realizaram todo o protocolo pré-jogo até que os árbitros decidiram adiar o confronto pouco antes do horário programado para o início.

O locutor do ginásio do Oklahoma City Thunder informou apenas que o jogo pela temporada regular não iria acontecer por "circunstâncias imprevistas" e pediu para os torcedores deixarem o local.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.