Thunder vence e empata série com o Lakers na NBA

Equipe de Oklahoma não toma conhecimento do atual campeão e vence por 110 a 89

AE, Agência Estado

25 de abril de 2010 | 10h06

Larry W. Smith/EFE

Kevin Durant enterra a bola durante vitória fácil do Thunder sobre o Lakers

OKLAHOMA CITY - Classificado apenas como oitavo colocado na Conferência Oeste, o Oklahoma City Thunder está fazendo o inesperado nos playoffs da NBA. Na noite deste sábado, a equipe venceu o Los Angeles Lakers por 110 a 89, em casa, e empatou a série melhor de sete jogos por 2 a 2.

Com boa atuação na defesa, o Thunder conseguiu segurar Kobe Bryant. O principal jogador do Lakers marcou apenas 12 pontos, um a menos do que o cestinha da equipe Paul Gasol. Mas o destaque da noite foi Kevin Durant, que anotou 22 pontos e comandou o time da casa na importante vitória.

Se o Lakers vacilou, o Orlando Magic não teve problemas para confirmar o favoritismo diante do Charlotte Bobcats. Mesmo jogando fora de casa, a equipe de Dwight Howard venceu por 90 a 86 e abriu 3 a 0 na série.

O principal jogador da noite foi o armador Jameer Nelson, que anotou 32 pontos e foi decisivo na vitória do Orlando. Dwight Howard, por sua vez, terminou com 13 pontos e oito rebotes.

Com atuação discreta do brasileiro Leandrinho, que marcou apenas oito pontos, o Phoenix Suns perdeu fora de casa para o Portland Trail Blazers por 96 a 87. Assim, a série está empatada em 2 a 2.

O ala LaMarcus Aldridge, com 31 pontos e 11 rebotes, foi o grande destaque do Portland. Pelo lado do Phoenix, mais uma vez Amare Stoudemire foi o cestinha com 26 pontos.

Ainda na noite deste sábado, o Milwaukee Bucks venceu o Atlanta Hawks por 107 a 89, em casa, e diminuiu a vantagem na série para 2 a 1.

Neste domingo, os playoffs prosseguem com Denver Nuggets x Utah Jazz, Boston Celtics x Miami Heat, Dallas Mavericks x San Antonio Spurs e Cleveland Cavaliers x Chicago Bulls.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.