Tiago Splitter e Alex Garcia não disputam o Pan

Pivô optou por treinar nos EUA e curar lesão. Ala pediu dispensa por questões particulares

Amanda Romanelli, O Estado de S. Paulo

29 de setembro de 2011 | 17h39

SÃO PAULO - O pivô Tiago Splitter e o ala Alex Garcia não disputarão os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, em outubro. O jogador do San Antonio Spurs optou por continuar nos EUA, onde treinará com um personal trainer e cuidará de uma lesão sofrida antes do Pré-Olímpico de Mar del Plata, em agosto. Já o atleta do Brasília alegou motivos pessoais, relacionados à sua família, para não viajar ao México. O pivô Caio Torres, que também esteve no grupo que conquistou a vaga olímpica, é outro desfalque: ele não foi liberado por seu time, o Flamengo.

 

Splitter informou, por meio de comunicado, que cumprirá um intenso programa individual de treinamentos físicos, técnicos e de fisioterapia. O pivô explicou que sua prioridade é estar 100% para defender o San Antonio Spurs, independentemente de quando o locaute terminar.

 

Marcelo Maffia, agente do jogador, disse que as informações sobre o fim do locaute são animadoras - justamente por isso, Tiago decidiu recusar as inúmeras propostas que recebeu, tanto de clubes brasileiros quanto da Europa. "As notícias que recebemos são muito boas e tudo indica que tudo estará resolvido em novembro. O campeonato vai acontecer, ainda que a temporada regular tenha alguns jogos a menos."

 

A Confederação Brasileira de Basquete (CBB) trabalha, agora, para definir os substitutos dos atletas. De acordo com Vanderlei Mazzuchini, diretor do departamento masculino, o substituto de Alex já está definido: é Arthur Belchor, também atleta do Brasília.

 

Faltam, agora, definir dois novos pivôs - isso se não houver novas desistências. "Por enquanto, são apenas esses três (que pediram dispensa)", disse o dirigente. "O Pan é importante para nós, mas também entendemos que ele será realizado em uma data complicada para os clubes. Estamos tentando definir a lista o mais rápido possível."

 

O técnico Rubén Magnano divulgou a lista de convocados em 20 de setembro. Ainda estão no grupo os armadores Nezinho (Brasília) e Davi Rossetto (Pinheiros), os alas Marcelinho Machado (Flamengo), Vitor Benite (Limeira), Betinho (Paulistano), Bruno Irigoyen (Minas) e Guilherme Giovannoni (Brasília), e os pivôs Murilo (São José) e Cristiano Felício (Minas).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.