Tonzé não é mais técnico do Araraquara

Antônio José Paterniani, o Tonzé, não é mais técnico do Araraquara/Uniara. A decisão de não manter o treinador à frente do time de basquete foi definida em reunião nesta terça-feira à tarde pelo presidente da equipe Fernando Mauro. O rompimento do contrato com o treinador, que terminaria em 31 de dezembro próximo, ocorreu três dias após o time ser eliminado do Campeonato Paulista.Tonzé comandou o time por três anos e meio e chegou à final de dois campeonatos paulista e a uma final de campeonato brasileiro, em 2001, onde sagrou-se vice-campeão. Além de perder o técnico, um dos mais respeitados do País, o time corre o risco de não participar do Campeonato Nacional do próximo ano, porque, segundo Fernando Mauro, em dois ou três dias a Uniara terá que confirmar a sua participação no torneio, que começa no final de janeiro, e por isso precisa da definição de um novo treinador e de um parceiro como patrocinador.Corte - Se participar do Nacional, o time terá um corte no investimento. Dos R$ 100 mil que a equipe disponibilizava, o novo treinador, que deverá ser João Marcelo Leite, técnico do time juvenil, terá somente R$ 60 mil. Para Mauro, esse será um dos desafios. "Estávamos com um alto investimento num campeonato como o Paulista. Agora, vamos ter um investimento menor em um campeonato altíssimo como o Nacional". Se não bastassem esses problemas, a Confederação Brasileira de Basquete quer receber dos times participantes aproximadamente de R$ 15 mil mensais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.