Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Três brasileiros estréiam o Hall da Fama da Fiba

Três brasileiros estão entre os 19 homenageados pela Federação Internacional de Basquete (FIBA) no lançamento do Hall da Fama da entidade, realizado nesta quinta-feira, em Madri, na Espanha. São eles o ex-árbitro Renato Righetto, que faleceu aos 80 anos, em 2001, e que esteve presente em quatro Olimpíadas e apitou duas finais olímpicas; José Cláudio dos Reis, ex-presidente da Consubasquet e da Copaba (atual FIBA Américas), que morreu aos 60 anos, em 1999; e Antonio dos Reis Carneiro, que foi o terceiro presidente da FIBA em dois mandatos de 1960 a 1968."O basquete brasileiro se orgulha de sua história feita por homens que trabalharam não só por esse esporte no país, mas também tiveram relevantes participações no cenário internacional. As homenagens e as lembranças a esses esportistas são merecidas e trazem muita honra ao nosso país", disse o presidente da Confederação Brasileira de Basquete, Gerasime Grego Bozikis.Os indicados ao Hall da Fama foram divididos em quatro grupos: jogadores, técnicos, oficiais (árbitros e dirigentes) e colaboradores. Para a inauguração, a FIBA decidiu homenagear figuras ilustres do basquete já falecidas, como o ex-jogador do New Jersey Nets, o croata Drazen Petrovic, que morreu em um acidente de carro na Alemanha, em 1993.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.