Reprodução Twitter Sacramento Kings
Reprodução Twitter Sacramento Kings

Três dias após deixar os Lakers, técnico Luke Walton fecha com o Sacramento Kings

Treinador assina um contrato até o final da temporada 2022/2023 com o novo time

Redação, Estadão Conteúdo

15 de abril de 2019 | 17h01

O técnico Luke Walton ficou pouco tempo desempregado na NBA. Apenas três dias depois de ter deixado o cargo no Los Angeles Lakers, após um trabalho de três temporadas sem se classificar aos playoffs, foi confirmado oficialmente nesta segunda-feira como novo treinador do Sacramento Kings, outra franquia da Califórnia que participa da liga profissional de basquete nos Estados Unidos.

Assim como os Lakers, que contam no elenco com o astro LeBron James, os Kings não conseguiram a classificação aos playoffs da NBA. Na última quinta-feira, um dia após o término da temporada regular, o técnico Dave Joerger foi demitido mesmo após ter conduzido a equipe para a melhor campanha desde 2005/2006 - com 39 vitórias e 43 derrotas, ficou em nono lugar na Conferência Oeste.

No mesmo dia, o ex-pivô sérvio Vlade Divac renovou por mais quatro anos como diretor geral dos Kings e iniciou conversações com Walton, que já estava acertando a sua saída dos Lakers e agora assinou um contrato até o final da temporada 2022/2023.

A campanha total de Luke Walton como técnico dos Lakers foi de 98 vitórias e 148 derrotas. Com a contratação de LeBron James e um elenco jovem e promissor, esperava-se nesta temporada no mínimo uma vaga entre os oito que disputarão os playoffs. Mas falhou na missão ao ficar na 10.ª colocação da Conferência Oeste com 37 triunfos e 45 derrotas.

Antes de comandar os Lakers, Walton teve passagem pelo Golden State Warriors, onde, como assistente técnico de Steve Kerr, foi campeão da NBA. Além disso, no período em que o treinador principal se afastou devido a uma cirurgia realizada nas costas, Walton assumiu o comando do time de Oakland, alcançando 39 vitórias e apenas quatro derrotas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.