Ethan Miller / AFP
Ethan Miller / AFP

Tricampeão com o Warriors, Kerr será assistente de Popovich na seleção dos EUA

Steve Kerr foi comandado pelo técnico do San Antonio Spurs duas vezes enquanto atleta

Estadão Conteúdo

11 Outubro 2018 | 13h46

A USA Basketball, entidade responsável pelo basquete nos Estados Unidos, anunciou nesta quinta-feira novos auxiliares de Gregg Popovich na comissão técnica da seleção nacional, visando o Mundial de 2019, na China, e a Olimpíada de 2020, em Tóquio. O principal destaque ficou por conta de Steve Kerr, tricampeão da NBA no comando do Golden State Warriors.

Ex-armador de Phoenix Suns, Cleveland Cavaliers, Orlando Magic, Chicago Bulls, San Antonio Spurs e Portland Trail Blazers, Kerr conquistou cinco títulos da NBA em quadra. Aposentado, aceitou o desafio de assumir o Warriors em 2014 e se tornou responsável direto pelo sucesso de um dos melhores times da história, campeão em 2015, 2017 e 2018, além de vice em 2016.

Kerr também possui experiência de trabalho com Popovich, que o comandou em suas duas passagens pelo Spurs. "Esta é uma oportunidade incrível e sou extremamente grato. Ter a chance de trabalhar em nível mundial e sobre o comando do Pop, um dos meus ex-técnicos e mentores, é uma tremenda honra", declarou.

Kerr terá como colega Nate McMillan, atualmente técnico do Indiana Pacers. Ex-jogador do Seattle Supersonics, o treinador de 54 anos tem no currículo passagens no comando do próprio Supersonics e do Portland Trail Blazers. Ele também fez parte da comissão técnica de Mike Krzyzewski na seleção entre 2006 e 2012.

"Estou honrado e empolgado por fazer parte da seleção dos Estados Unidos novamente. Minha experiência anterior foi muito especial, e agora fui abençoado novamente. Eu estou ansioso para trabalhar com o técnico Popovich e um grande grupo de jogadores", afirmou.

O terceiro nome da nova comissão técnica dos EUA é Jay Wright, técnico da Universidade de Villanova. Popovich fez questão de exaltar seus novos auxiliares. "Estou honrado e me sinto afortunado por ter técnicos tão talentosos comigo. Steve Kerr, Nate McMillan e Jay Wright são não só indivíduos conhecedores e dedicados, mas possuem criatividade, tenacidade e respeito pelo jogo", elogiou.

 
Mais conteúdo sobre:
basquete

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.