Tumor retirado de Nenê é benigno, dizem médicos

O tumor retirado do pivôbrasileiro do Denver Nuggets, Nenê Hilário, é benigno,informaram os médicos responsáveis pela cirurgia nos testículosdo atleta, citando exames realizados após a operação, informounesta quinta-feira a assessoria de Nenê. Após a cirurgia, realizada na segunda-feira na cidadenorte-americana de Denver, o jogador de basquete aguardava osresultados do exame para saber se tratava ou não de câncer. O local da retirada do tumor vinha sendo mantido em sigilopela família, mas a NBA informou que se tratava de um tumortesticular em nota na terça-feira. "De acordo com os relatórios apresentados pelos médicos, osexames apontaram que o tumor é benigno", disse a nota divulgadapela assessoria do jogador. Nenê, jogador da seleção brasileira, se licenciou por tempoindeterminado de suas atividades nos Nuggets na última semanapara ser submetido a tratamento médico. O assessor de imprensa de Nenê, Samy Vaisman, disse portelefone após a operação, na terça-feira, que o jogador teriaboas chances de defender o Brasil no pré-olímpico de basquete,em julho, caso o tumor fosse benigno. O pré-olímpico mundial, em Atenas, será a última chance declassificação da seleção brasileira para os Jogos de Pequim, emagosto. A doença de Nenê se tornou um grande mistério desde asemana passada, quando o jogador foi dispensado de suasatividades no Nuggets para tratar da doença, até então nãorevelada como sendo um tumor. Nenê disputou 12 jogos na atual temporada da NBA, commédias de 6,4 pontos e rebotes por partida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.