Divulgação
Divulgação

Uberlândia anuncia fim das atividades no basquete brasileiro

Bancado por universidade, time culpa crise na educação

Estadão Conteúdo

26 Março 2015 | 15h53

Um dos mais tradicionais times do basquete brasileiro, o Uberlândia, está com seus dias contados. A direção do clube confirmou que deixará o esporte profissional após o fim da atual edição do NBB, no início de abril. De acordo com o presidente Wellington Salgado, o motivo foi a "crise na educação'', já que a equipe era bancada pela universidade Unitri.

De acordo com Salgado, o Uberlândia não exercerá atividades profissionais na temporada 2015/2016, mas a expectativa é de uma possível volta a partir do ano que vem. O clube já havia fechado as portas em 2007, voltando somente em 2010, mas sem repetir o mesmo sucesso dos anos anteriores.

O Uberlândia se tornou um dos mais vitoriosos times do basquete brasileiro entre o fim dos anos 90 e o início dos anos 2000. Foram 14 títulos mineiros, mas as principais conquistas foram o Brasileiro de 2004 e o Sul-Americano de 2005, quando a equipe era comandada por Hélio Rubens e tinha estrelas como Valtinho, Helinho, Rogério, Brasília e Estevam no elenco.

Já por conta da crise financeira, o Uberlândia vive mau momento na atual temporada e é somente o antepenúltimo colocado no NBB. A equipe dificilmente se classificará para a próxima fase e ainda corre risco de rebaixamento. O elenco, já enfraquecido, ainda sofreu com a baixa do norte-americano Caleb Brown, um de seus principais jogadores, que está lesionado.

Mais conteúdo sobre:
basquete Uberlândia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.