Robson Nunes/LBF/Divulgação
Robson Nunes/LBF/Divulgação

Uninassau atropela Santo André e pega Corinthians na decisão do basquete feminino

Equipe pernambucana vence por 50 pontos de diferença em casa e fecha série melhor de três em 2 a 0

Estadão Conteudo

15 de abril de 2017 | 14h54

O Uninassau Basquete, de Pernambuco, atropelou o Santo André por 108 a 58 neste sábado, em casa, e garantiu vaga na decisão da Liga Nacional de basquete feminino. O time anfitrião fechou a série melhor de três com o placar de 2 a 0.

Na final, a equipe pernambucana terá pela frente o Corinthians, que na última sexta-feira eliminou o Sampaio Corrêa por 93 a 64 e também finalizou a série em 2 a 0. Este duelo foi uma reedição da última final, vencida pelas maranhenses.

O primeiro duelo da decisão, que será em melhor de cinco jogos, está marcado para o próximo sábado, às 11 horas, no ginásio Centro Cívico, em Americana (SP). Na sequência, os times se enfrentam na segunda-feira, dia 24, às 21h30, novamente no Centro Cívico.

Na partida deste sábado, o destaque da Uninassau foi a cubana Ariadna, que anotou 28 pontos, pegou 10 rebotes, roubou quatro bolas e deu três assistências. Sua compatriota, Casanova, também fez grande partida, com 21 pontos, oito assistências, quatro rebotes e quatro bolas roubadas.

O técnico da Unissau, Roberto Dornelas, destacou que o segredo da vitória foi explorar os erros do time adversário. "Conseguimos fazer o nosso melhor que é o jogo de transição. Agora espero que os jogos tanto aqui no Recife quando lá em Americana tenham ginásio lotado para uma grande festa do basquete feminino", comentou.

Sobre o adversário da decisão, o treinador destacou que espera partidas com muitas dificuldades. "Independente dos nomes dos times que usamos, Recife e Americana é sempre um clássico e esse confronto já está na história do basquete feminino. Vão ser jogos muito difíceis, mas acreditamos na nossa equipe assim como o Corinthians vem muito confiante também", finalizou.

Tudo o que sabemos sobre:
Basquetebasquete

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.