Hans Deryk/Reuters
Hans Deryk/Reuters

Varejão e Leandrinho exaltam defesa da seleção

'Moncho conseguiu utilizar todos os jogadores, o que é importante numa competição difícil', conta Varejão

AE, Agencia Estado

27 de agosto de 2009 | 22h37

Depois de vencer a Venezuela com folga, por 87 a 67, nesta quinta-feira, Anderson Varejão e Leandrinho Barbosa, destaques da partida, foram unânimes em atribuir a segunda vitória da seleção brasileira na Copa América à boa atuação da defesa.    

 

Veja também:

link Por 87 a 67, Brasil arrasa Venezuela na Copa América

especial Tudo sobre a Copa América de Basquete

"Com certeza, o segredo da vitória foi a defesa. Contra a República Dominica sofremos 68 pontos e hoje foram 67", disse o ala/pivô Anderson Varejão. "O arremesso está saindo na hora certa e não estamos dando chance ao adversário para contra-atacar. Isso deixa a defesa mais estruturada e evita que a nossa equipe sofra muitos pontos", concluiu o jogador que defende o Cleveland Cavaliers na NBA.

Para Varejão, a folga no placar facilitará a sequência da seleção no torneio, porque o técnico Moncho Monsalve pôde testar outros jogadores em quadra e poupar os titulares na parte final do jogo. "Moncho conseguiu utilizar todos os jogadores, o que é importante numa competição difícil como a Copa América, em que todo o elenco precisa estar em ritmo de jogo".

O armador Leandrinho Barbosa também gostou da performance da defesa e elogiou o desempenho da equipe no segundo período. "A postura defensiva da equipe foi decisiva no segundo período, quando fizemos 26 a 6 e definimos a partida. O jogo começou amarrado e não conseguimos abrir vantagem. No segundo quarto, encaixamos a defesa e saiu o contra-ataque", disse o cestinha da partida, com 15 pontos.

Logo depois do jogo, Leandrinho já começou a pensar no adversário de sexta-feira, a rival Argentina. A partida será disputada às 14h30 (horário de Brasília), deixando pouco tempo de descanso para os brasileiros.

"Agora temos menos de 24 horas para descansar e nos preparar para encarar a Argentina, que folgou na rodada. Eles estrearam perdendo para a Venezuela e precisam da vitória para se reerguer na competição. Temos que manter o equilíbrio para conseguir mais um resultado positivo", pregou Leandrinho.

Com o resultado desta quinta, a seleção lidera o Grupo B da Copa América, com quatro pontos conquistados. Venezuela e República Dominicana somam três pontos cada. Os argentinos têm apenas um ponto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.