Varejão sente lesão e Cavs perde sequência de vitórias

Brasileiro jogou 13 minutos e reclamou dores na coxa; Celtics é campeão do Atlântico e Magic vence

EFE

27 de março de 2010 | 03h09

O reserva brasileiro Anderson Varejão ficou pouco tempo em quadra, sentiu dores na coxa e viu o Cleveland Cavaliers ser derrotado pelo San Antonio Spurs por 102 a 97, na noite desta sexta, e perder a primeira partida após oito vitórias seguidas na temporada regular da NBA.

Veja também:

link Nuggets vence o Raptors com 20 pontos de Nenê

Varejão esteve em quadra por pouco tempo antes de sentir as dores: apenas 13 minutos. Ele acertou o único arremesso com bola em jogo que tentou, e converteu dois lances livres. Além disso, pegou três rebotes.

Os alas LeBron James (27 pontos e dez rebotes), Antawn Jamison (24 pontos) e J.J. Hickson (20 pontos) foram os principais nomes do Cavaliers na partida. Já classificado e com o título da Divisão Central garantido, o time de Cleveland tem a melhor campanha da temporada regular, com 57 vitórias e 16 derrotas até aqui, e lidera a Conferência Oeste.

O Spurs teve o cestinha da partida, o argentino Manú Ginóbili, que marcou 30 pontos, 15 deles no último período. Os alas Richard Jefferson e Tim Duncan fizeram 16 pontos cada um. O time de San Antonio é o sétimo colocado do Oeste com 43 vitórias e 28 derrotas, e está bem perto de garantir sua classificação, já que o nono, o Memphis Grizzlies, tem 38-34.

CAMPEÃO DO ATLÂNTICO

O Boston Celtics bateu o Sacramento Kings por 94 a 86 e garantiu o título antecipado da Divisão do Atlântico. Principais nomes do Celtics na partida, o ala Paul Pierce anotou 22 pontos, o armador Ray Allen fez 20 e o também ala Kevin Garnett anotou outros 18, além de pegar 13 rebotes.

Contando com a derrota do Atlanta Hawks para o Philadelphia Sixers, o time de Boston voltou a ocupar de forma isolada a terceira posição da Conferência Leste, com 47 vitórias e 25 derrotas, e já está classificado para os playoffs. O Kings teve o cestinha da partida, o ala Carl Landry, que anotou 30 pontos. O armador esloveno Beno Udrih conseguiu um double-double de 16 pontos e 12 assistências.

O time de Sacraento já está fora da briga por vaga nos playoffs. Com 24 vitórias e 49 derrotas, o time é o 13º colocado da Conferência Oeste.

MAGIC VENCE TRANQUILO

Deu a lógica no confronto entre um dos melhores times da Conferência Leste e o pior da Conferência Oeste da NBA, e o Orlando Magic derrotou o Minnesota Timberwolves com tranquilidade, por 106 a 97. O pivô Dwight Howard, estrela da companhia, voltou a mostrar seu talento, e liderou a vitória, com um double-double de 24 pontos e 19 rebotes. O reserva Ryan Anderson também se destacou, com 19 pontos.

O Magic é o segundo colocado da Conferência Leste, com 51 vitórias e 22 derrotas, e luta para se aproximar do Cleveland Cavaliers, que tem 57-26. O ala Al Jefferson foi o principal jogador do Timberwolves, com um double-double de 18 pontos e 13 rebotes. Outros quatro jogadores marcaram 14 pontos cada. A franquia de Minnesota perdeu seus 15 últimos jogos e está na lanterna do Oeste, com 14 vitórias e 59 derrotas, sem qualquer chance de classificação.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.