Vasco tenta empatar série com Uniara

Depois de surpreender o Unit/Uberlândia nas quartas-de-final, a Uniara/Fundesport, de Araraquara, provou que poderá chegar às finais do Campeonato Brasileiro. Na terça-feira, no Ginásio Gigantão, o time, atual vice-campeão paulista, venceu o favorito Vasco por 92 a 76 e jogou a responsabilidade para cima da equipe dirigida por Hélio Rubens Garcia, que terá de buscar a vitória nesta quinta-feira, às 20h30, no Ginásio do Tijuca, no Rio, com transmissão pelo Sportv, para empatar a série.No outro play-off semifinal, o COC/Ribeirão superou o Tilibra/Bauru por 97 a 72 e também reverteu a desvantagem - o segundo confronto será na sexta-feira, em Bauru. Vencer em casa era tudo o que a Uniara queria. O técnico João Marcelo Leite enfatizava isso antes da partida, principalmente devido ao apoio maciço da torcida araraquarense, empolgada com a campanha do time. Agora, o Vasco, sem o armador Helinho, contundido, terá de reverter a situação. "A Uniara foi esperta e tem boas chances de chegar à final", disse o técnico do COC, Aluísio Ferreira, o Lula.O time de Lula também não deu chances ao Bauru e fez 25 pontos de diferença. "Em play-off o que vale é a vitória, não os pontos", diz Lula, que evitou a euforia dos jogadores. "Dei os parabéns a eles, só isso, e avisei que o segundo jogo já começou, com repouso, treino, boa alimentação e humildade", explicou Lula. "É bom ganhar em casa para garantir pelo menos o quarto jogo em casa."Ele diz que o COC está concentrado e que até os jovens jogadores demonstraram maturidade nos momentos decisivos, como o armador Eric, de 18 anos, reserva imediato de Nezinho após a contusão de Álvaro. "Não podemos chorar por isso e confio no Eric", afirmou Lula.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.