Fred Batalha - 07/06/2005
Fred Batalha - 07/06/2005

Vice-presidente da Federação Paulista de Basquete renuncia

Antonio Souza alega que entidade, que acumula dívidas e corre risco de ter sede penhorada, é administrada de forma desastrosa

Alessandro Lucchetti, O Estado de S. Paulo

03 de fevereiro de 2015 | 23h41

O 1º vice-presidente da Federação Paulista de Basquete (FPB), Antonio Benedito Leite da Silva Souza, pediu desligamento definitivo do cargo, nesta terça-feira, antes da reunião para formatação do Campeonato Paulista masculino da Série A-1.

Vice de Toni Chakmati desde 2012, Souza afirma que tomou a decisão após tomar pé da situação financeira da FPB que, segundo ele, corre o risco de ter penhorada sua sede, localizada na Rua Frei Caneca, nos Jardins.

"No final do ano passado, me deparei com uma notificação da Justiça, em que eram cobrados valores referentes ao Mundial (feminino) de 2006. O valor da dívida era de aproximadamente R$ 680 mil que, corrigidos, tornaram-se mais de R$ 1 milhão. Levantei a situação da Federação num cartório de registro de imóveis e verifiquei que o imóvel ocupado pela Federação está totalmente indisponível. Há até indícios de que houve falsificação de Gare (guia de recolhimento de tributos). Como não quero compactuar com esse quadro, resolvi me desligar", afirmou Souza ao Estado.


Segundo Souza, os outros membros da diretoria nunca tomaram conhecimento da gestão dos recursos financeiros da entidade. "O regime da FPB é extremamente presidencialista. Apenas ele (Chakmati) tinha acesso aos contratos de televisionamento, quando havia, e de qualquer patrocínio que a federação já teve".

"A FPB vive um momento extremamente delicado, com muitas dívidas, ações judiciais e uma total falta de credibilidade", disse Souza à sua assessoria de imprensa.

Ex-diretor do Monte Líbano, Chakmati ocupa cargos na FPB desde a década de 70.

Pelos mesmos motivos apresentados por Souza, Paulo Aguinaldo Tadeu da Silva, diretor das categorias sub-16 e sub-17 masculinas, também requereu sua saída da diretoria.

Procurado pela reportagem do Estado, Chakmati não foi localizado.


Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.