Divulgação
Divulgação

Vítor Faverani pede dispensa da seleção de basquete

O pivô também não vai disputar a Copa América, em setembro, na Venezuela

AE, Agência Estado

30 de julho de 2013 | 11h05

SÃO PAULO - A seleção brasileira masculina de basquete perdeu mais um jogador para a Copa América, que serve como classificatório para o Mundial e será realizado entre os dias 30 de agosto e 11 de setembro na Venezuela. Após acertar a sua transferência ao Boston Celtics, o pivô Vítor Faverani oficializou o seu pedido de dispensa.

Assim, Faverani se tornou o sexto brasileiro da NBA que decidiu não defender a seleção brasileira de basquete na Copa América. Antes dele, Nenê, Tiago Splitter, Anderson Varejão, Leandrinho e Lucas Bebê já haviam avisado o técnico Rubén Magnano da intenção de não participar do torneio na Venezuela - alguns deles não podem jogar por causa de lesões.

De acordo com a Confederação Brasileira de Basquete (CBB), Faverani realizou o pedido de dispensa através de carta encaminhada ao presidente da entidade, Carlos Nunes, e ao secretário-geral Édio José Alves. "O atleta lamenta não poder atender a convocação porque está negociando seu contrato para a próxima temporada da NBA com o Boston Celtics e devido ao programa de treinos que começa dia 10 de agosto", anunciou a CBB.

Antes da Copa América, a seleção brasileira vai disputar o Torneio Super Four, na Argentina (3 e 4 de agosto), um amistoso contra o Uruguai, em São Carlos-SP (7 de agosto); o Torneio Super Four, em Anápolis-GO (10 e 11 de agosto), um amistoso o México, em Osasco-SP (13 de agosto), e a Copa Tuto Marchand, em San Juan, Porto Rico (22 a 26 de agosto).

Na Copa América, na Venezuela, o Brasil está no Grupo A e terá como adversários na primeira fase as seleções de Porto Rico (30 de agosto), Canadá (1º de setembro), Uruguai (2) e Jamaica (3). Os quatro primeiros colocados no torneio se classificam para o Mundial de Basquete, que será disputado na Espanha em 2014.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.