Volta de Tiago Splitter anima a seleção de basquete

Recuperado de lesão muscular, jogador participou de vitória do Brasil sobre a República Domininca em jogo-treino

AE, Agência Estado

23 de agosto de 2011 | 11h33

FOZ DO IGUAÇU - A seleção brasileira masculina de basquete teve dois motivos para comemorar na noite de segunda-feira. Além da boa vitória no jogo-treino diante da forte República Dominicana, por 87 a 77, a equipe contou com a volta do pivô Tiago Splitter, que vinha sendo desfalque nos amistosos por conta de uma lesão muscular.

Com o retorno, na partida disputada em Foz do Iguaçu, o pivô do San Antonio Spurs, da NBA, dá mostras que deverá estar em forma para a disputa do Pré-Olímpico, que acontecerá entre 30 de agosto e 11 de setembro, em Mar del Plata, na Argentina.

Tiago Splitter é o principal jogador da seleção e, com os cortes de Leandrinho, Nenê e Anderson Varejão, o único que atua na NBA. Tê-lo em boas condições físicas será essencial se o Brasil quiser superar as concorrentes Argentina, República Dominicana e Porto Rico para conquistar uma das duas vagas que estão em disputa para a Olimpíada de Londres em 2012.

O resultado diante de uma das favoritas do Pré-Olímpico e o retorno do pivô animaram o técnico da seleção, Ruben Magnano. "Este foi outro teste importante, contra um adversário direto na luta pela vaga olímpica, que me deu a chance de fazer análises importantes com relação ao nosso time", declarou o argentino.

No tempo em que esteve em quadra, Tiago Splitter anotou sete pontos, enquanto os cestinhas brasileiros foram Marcelinho Machado, com 13 pontos, e Marquinhos, com 12. O maior pontuador da partida, no entanto, foi o dominicano Charlie Villanueva, que atua no Detroit Pistons, da NBA, com 18 pontos. O pivô Al Horford, que também joga na liga norte-americana, no Atlanta Hawks, terminou com 15 pontos.

Nesta terça-feira, a seleção brasileira encerra a sua preparação para a disputa da Copa Tuto Marchand, torneio amistoso que acontecerá em Foz do Iguaçu e contará com a participação de República Dominicana, Porto Rico e Canadá. Os canadenses são os adversários do Brasil na estreia, em jogo que acontece na noite desta quarta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.