Alika Jenner/Getty Images/AFP
Alika Jenner/Getty Images/AFP

Warriors atropelam na casa do Portland pela NBA com seus 12 jogadores pontuando

O armador Stephen Curry anotou 18 pontos e 14 assistências nos 27 minutos em quadra

Redação, O Estado de S.Paulo

25 de fevereiro de 2022 | 10h54

Depois de uma bela disputa no Jogo das Estrelas, no domingo, a temporada regular de NBA voltou com novo show. Desta vez, quem brilhou foi o Golden State Warriors, que arrasou com o Portland Trail Blazers, mesmo fora de casa, nesta quinta-feira, com triunfo por 132 a 95. Foi uma aula de jogo coletivo, com os 12 jogadores da equipe visitante marcando pontos - oito deles com pelo menos 10.

MVP do Jogo das Estrelas, com 50 pontos, desta vez o armador Stephen Curry foi mais modesto, anotando somente 18 nos 27 minutos em quadra. Ainda distribuiu 14 assistências, fechando com um duplo-duplo. A vitória foi tão tranquila que os reservas dos Warriors disputaram o quarto período todo na Moda Arena, em Portland.

Curry ainda terminou como cestinha dos Warriors, ao lado do amigo Klay Thompson, também autor de 18 pontos. Kuminga fez 17 e Poole, 15. Quem menos anotou foi Juan Anderson, com cinco. Mas o reserva teve o privilégio de atuar por 17 minutos, algo raro em jogos mais equilibrados. Nos Blazers quem se destacou foi o armador Anfernee Simons, cestinha da noite com 24 pontos.

Foi o terceiro encontro entre as equipes na temporada regular e todos com o mesmo resultado: vitória sem sustos do Golden State Warriors, agora com 43 vitórias em 60 jogos pela Conferência Oeste, na qual estão atrás apenas do Phoenix Suns, que perdeu somente 10 vezes.

Líder da Conferência Leste, o Chicago Bulls contou com mais uma noite decisiva de DeMar DeRozan para somar sua sexta vitória seguida na NBA. O inspirado ala anotou 37 pontos na vitória sobre o Atlanta Hawks, por 112 a 108, definida pelo astro nos minutos finais no United Center, em Chicago.

Além de brilhar o jogo inteiro, DeRozan ainda fez cinco pontos no minuto final para garantir a 39ª vitória do time. A equipe perdia por três de diferença quando o astro definiu e chegou ao oitavo jogo seguido com ao menos 35 pontos anotados.

"Quando você está nesses momentos decisivos, você tem que assumir e eu adoro. Eu amo o desafio, amo a oportunidade, é divertido para mim", comemorou DeRozan.

"Ele quer sempre vencer, ele faz a jogada certa em todos os momentos", afirmou o defensor Dosunmu. "Uma coisa que eu gosto no DeMar, ele sabe quando é hora de ser um pouco egoísta e precisamos de uma cesta. Ele sempre entrega para nós."

Confira os resultados de quinta-feira:

Sacramento Kings 110 x 128 Denver Nuggets

Chicago Bulls 112 x 108 Atlanta Hawks

Portland Trail Blazers 95 x 132 Golden State Warriors

Detroit Pistons 106 x 103 Cleveland Cavaliers

Brooklyn Nets 106 x 129 Boston Celtics

Oklahoma City Thunder 104 x 124 Phoenix Suns

Minnesota Timberwolves 119 x 114 Memphis Grizzlies

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.