Jed Jacobsohn /AP
Jed Jacobsohn /AP

Warriors atropelam Celtics no terceiro quarto e empatam série final da NBA

Stephen Curry e Jordan Poole comandam triunfo; terceira partida acontece na quarta-feira, no TD Garden, em Boston

Redação, Estadão Conteúdo

06 de junho de 2022 | 00h07

Depois de uma primeira metade equilibrada, com muita energia de ambos os lados, o segundo jogo da final da NBA tomou outro rumo a partir do terceiro quarto e acabou com um triunfo dominante do Golden State Warriors, no Chase Center. A equipe de Stephen Curry fez 107 a 88 no Boston Celtics e passou longe de amargar nova derrota diante da própria torcida, como ocorreu no jogo 1.

 Com a série empatada, as duas equipes voltam a se enfrentar na quarta-feira, no TD Garden. Será a primeira partida da série na qual a franquia de Boston jogará como mandante. Dois dias depois, na sexta, os finalistas voltam a se enfrentar no mesmo local. 

A vitória em San Francisco foi liderada por Curry, autor de 29 pontos, muitos deles em momentos cruciais da partida, além de quatro assistências e seis rebotes. Jordan Poole, com 17 pontos, também foi importante. Do lado dos Celtics, Jayson Tatum e Jaylen Brown empolgaram no primeiro quarto, mas caíram de produção. De qualquer forma, terminaram com números parecidos ao dos principais jogadores rivais. Tatum fez 28 pontos e Brown anotou 17. 

Os jogadores com potencial para ter o protagonismo da noite estavam ávidos para ter a bola em mãos, como ficou bastante claro já nos primeiros instantes do jogo. O placar ainda estava zerado quando Al Horford e Draymond Green foram ao chão unidos num abraço desconfortável, ambos agarrados à bola, durante ataque dos Celtics. Após o sinal de que a disputa seria enérgica, o primeiro quarto correu bem para Brown e Tatum, autores de 13 e 12 pontos, respectivamente.

Eles ajudaram a manter a franquia de Boston em vantagem pela maior parte do tempo. A partir da contagem regressiva do minuto final, no momento que os visitantes venciam por 30 a 26, os Warriors viraram com uma bola de três de Poole e uma cesta de Curry no último lance. 

O camisa 30 estava pronto para ser decisivo, atormentando os Celtics com suas fintas, que entortaram nomes como Horford e Smart ao longo da disputa. Em um segundo período equilibrado, a equipe de Boston conseguiu virar, mas Curry empatou em 40 a 40, com uma bola de três, antes de Gary Patton I colocar os Warriors na frente novamente.

Os Celtics chegaram a retomar a vantagem, mas a partida atingiu sua metade com vitória parcial de 52 a 50 para a franquia de San Francisco. Antes do intervalo, Brown, que caiu muito de rendimento, protagonizou um desentendimento mais quente com Green, após disputa de bola.

Todo o equilíbrio dos dois primeiros períodos ficou para trás conforme o tempo foi passando no terceiro quarto, completamente dominado pelo Golden State, que entrou em quadra para a disputa do quarto final com uma vantagem de 23 pontos. 

Do lado dos visitantes, as estrelas que foram tão bem no início já haviam parado de brilhar há um bom tempo. Não houve maiores sinais de reação, também por mérito da defesa da casa. No fim das contas, os Celtics diminuíram pouco o prejuízo e foram derrotados com diferença de 19 pontos, por 107 a 88.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.