Ezra Shaw/AFP
Ezra Shaw/AFP

Warriors superam Heat e vencem a 36ª partida seguida em casa na NBA

Franquia abre vantagem com os reservas e ganha por 111 a 103

Estadão Conteúdo

12 de janeiro de 2016 | 09h08

Se Stephen Curry e os demais titulares do Golden State Warriors não conseguiram abrir vantagem confortável sobre o Miami Heat nos três primeiros períodos, os reservas o fizeram. Na noite de segunda-feira, com os titulares no banco de reservas no início do último quarto, Marreese Speights anotou os seis primeiros pontos do time no período final, sendo decisivo para que os atuais campeões da NBA assumissem de vez o controle do jogo. Assim, superaram o Heat por 111 a 103, em casa.

Esta foi a 36ª vitória seguida do Warriors como mandante. E mesmo com a pontaria longe do ideal - acertou 11 de 27 arremessos de quadra -, Curry terminou a partida como cestinha com 31 pontos. Draymond Green contribuiu para o triunfo com 22 pontos e 12 rebotes, enquanto Klay Thompson somou 17 pontos. Já Leandrinho Barbosa não foi utilizado.

Melhor time da NBA, o Warriors agora acumula 36 vitórias e duas derrotas, chegando à metade dos 72 triunfos do recorde do Chicago Bulls, estabelecido na temporada 1995/1996, três jogos antes do campeonato atingir o seu meio. Dwyane Wade anotou 20 pontos, enquanto Chris Bosh e Gerald Green somaram 15 cada para o Heat, que ocupa a quinta colocação na Conferência Leste.

Também pela rodada de segunda-feira da NBA, o San Antonio Spurs assegurou a oitava vitória consecutiva ao superar o Brooklyn Nets por 106 a 79, em Nova York. LaMarcus Aldridge anotou 25 pontos e capturou 11 pontos pelo time do Texas, o segundo melhor da Conferência Oeste.

Kawhi Leonard anotou 17 pontos pelo Spurs, que conseguiu 14 vitórias nesta temporada por ao menos 20 pontos de diferença. O placar dilatado expôs as diferenças entre o Spurs e o Nets, que demitiu no último domingo o técnico Lionel Hollins e sofreu a décima derrota seguida como mandante. Além disso, perdeu os últimos cinco jogos e está em penúltimo lugar no Leste.

Já o Washington Wizards superou o Chicago Bulls, fora de casa, por 114 a 100, em casa, e assegurou o segundo triunfo consecutivo, após sofrer cinco derrotas nos seis compromissos anteriores. Assim, o 11º colocado do Leste superou as ausências dos lesionados Marcin Gortat, Kris Humphries e Bradley Beal

John Wall somou 17 pontos e dez assistências pelo Wizards, que teve sete jogadores anotando ao menos dez pontos, entre eles o brasileiro Nenê Hilário, que marcou 14 e ainda deu duas assistências e obteve dois rebotes. Derrick Rose foi o cestinha do duelo com 23 pontos e Pau Gasol acumulou 15 pontos e dez rebotes pelo Bulls, o terceiro colocado do Leste.

Confira os jogos da rodada de terça-feira da NBA:

Indiana Pacers x Phoenix Suns

New York Knicks x Boston Celtics

Detroit Pistons x San Antonio Spurs

Minnesota Timberwolves x Oklahoma City Thunder

Memphis Grizzlies x Houston Rockets

Milwaukee Bucks x Chicago Bulls

Dallas Mavericks x Cleveland Cavaliers

Los Angeles Lakers x New Orleans Pelicans

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.